Maredsous 6

Maredsous-6

A cervejaria Maredsous foi fundada em 1872 na região de Denée (Bélgica) e, desde 1960, é produzida na região de Breendonk. Atualmente, a sua estrutura é tão grande que há dentro da cervejaria, uma escola, uma padaria e até uma fábrica de queijo e cerâmica. Toda essa área, rendeu a ela um dos pontos turísticos mais interessantes da região, recebendo por ano quase 500.000 visitantes.

A Maredsous Blonde, ou como é conhecida, Maredsous 6 (por conta do seu teor alcoólico), apresenta estilo Belgian Blond Ale e uma coloração dourada imponente, levemente turva, boa formação e estabilidade de espuma no copo. No aroma, notas de cereal, pão, mel, frutas brancas e amarelas, suave condimento e o lúpulo em segundo plano. O sabor acompanha o aroma.

Para harmonizar

Uma deliciosa fatia de colomba pascal. As notas de dulçor e frutas brancas se intensificam, tornando a experiência ainda mais saborosa. Além da semelhança nas notas de especiarias.

St Bernardus Tripel

St-Bernardus-Tripel

St. Bernardus é uma cervejaria em Watou, Bélgica, fundada em 1946. Essa cervejaria, comandada por monges, é conhecida como de abadia, que nada mais são produtoras que seguem receitas trapistas, são feitas pelos monges, mas não possuem o selo oficial certificando de que aquela cervejaria é trapista. Esse título é mais uma formalidade, o que não classifica a qualidade das cervejas produzidas por eles.

Sob o estilo Belgian Tripel, essa cerveja apresenta uma coloração amarelo dourado, turva, boa formação de espuma e excelente estabilidade no copo. No aroma, toda a complexidade do estilo: notas de malte, biscoito, frutas amarelas, brancas, especiarias e suave picância. O lúpulo aparece em segundo plano também no sabor, que acompanha o aroma e é acrescido a uma importante sensação de aquecimento por conta do pronunciado teor alcoólico, tornando um excelente exemplar repleto de complexidade e história!

Para harmonizar

Um prático Spaghetti All’amatriciana. Bastante calórico por conta do bacon, azeite e pela potência do queijo tipo pecorino, é uma excelente pedida para essa tripel que tem álcool pronunciado e amargor moderado, pontos ideais para contrastar com o prato.

Comment

Batemans Combined Harvest

Batemans-Combined-Harvest

A Batemans é uma fábrica familiar que vem produzindo cerveja desde 1874 em seu velho Moinho de Vento e que continua priorizando qualidade ao preço. Todos os seus rótulos contêm selo Vegan, que não leva nenhum produto animal como ingrediente, nem durante o processo produtivo.

Um dos rótulos premiados da Batemans, essa Specialty Beer combina em sua receita quatro maltes (aveia, centeio, trigo e cevada). A maioria das cervejas premium é fabricada apenas com cevada maltada, mas esta cerveja tem, além da cevada, uma mistura de aveia, centeio e trigo. Apresenta coloração cobre claro e média formação de espuma. O aroma remete inicialmente a lúpulo, laranja e frutas amarelas cítricas, malte lembrando biscoito mais ao fim. No sabor, sentem-se pão, caramelo, mel acrescido de notas de citricidade e acidez.
O corpo é bastante leve.

Esse rótulo levou a medalha na World Beer Awards 2007, como melhor cerveja feita de multigrãos.

Para harmonizar

Casquinha de siri. As notas de dulçor intensificam, além da sensação de secura da cerveja contribuir para limpar a gordura do paladar. Enfim, uma delícia!

Comment

Dádiva Dunkel

D�diva-Dunkel

A Dádiva é uma microcervejaria localizada em Várzea Paulista (SP) e produz cervejas e chope artesanal. Além de suas receitas, produz algumas ciganas do mercado.

A Cervejaria Dádiva investiu em maquinários de última geração, sem perder a essência da fabricação artesanal, com matéria-prima de qualidade e receitas elaboradas que valorizam o aroma e o sabor de seus rótulos. Não utilizam conservantes, nem aditivos.

A criação dos rótulos é um ponto tratado com muito carinho por todos. Segundo a sócia-proprietária e sommelière à frente da Cervejaria, Luiza Lugli Tolosa, eles quiseram fugir da comunicação tradicional das artesanais, criando algo mais delicado e sofisticado, assim como fazem nos vinhos. A ideia principal é transmitir a alegria e a prosperidade, fazendo uma associação com sabores mais frescos, suaves e equilibrados que levam o consumidor a um novo horizonte.

A Dádiva escolhida para esse mês é a Munich Dunkel. Estilo da escola alemã, de coloração marrom escuro, boa formação de espuma e média persistência. No aroma, notas de malte, caramelo, chocolate predominante e lúpulo suave. O sabor acompanha o aroma, oferecendo uma excelente experiência!

Para harmonizar

Ovo de Páscoa ao leite. As notas de chocolate, café e caramelo da cerveja servem como complementação e semelhança ao doce, tornando a dupla ainda mais saborosa e agradável. Por isso, guarde a sua Dádiva para saborear com aquele ovo de Páscoa assistindo televisão num domingo de preguiça. Na mosca!

Comment

Hohenthanner

Festbier-M�rzen Festbier-Festbier

A Hohenthanner é uma cervejaria familiar com 150 anos de história, localizada a poucos quilômetros de Munique, região alemã reconhecida pelo dom de produzir excelentes cervejas! Diferente das demais, a Hohenthanner produz a sua própria matéria-prima, inclusive o lúpulo, onde a sua plantação ocupa uma área de mais de 170 km² e é considerado o melhor lúpulo do mundo!

As leveduras e o malte também são exclusivos, o que permite um controle ainda maior nos processos e na qualidade da bebida. O estilo Märzen é um dos clássicos da escola alemã. São cervejas inspiradas no estilo Vienna Lager, produzidas na primavera europeia, que é em março, para depois serem armazenadas a frio durante o verão e consumidas no outono,
principalmente nas celebrações da Oktoberfest, uma das festas cervejeiras mais importantes do mundo e que acontece entre os meses de setembro e outubro.

A Hohenthanner Märzen Festbier é uma cerveja do estilo Märzen. Com boa formação de espuma e estabilidade no copo, apresenta uma coloração cobreclaro, levemente turva. No aroma, notas intensas de malte, cereais e lúpulo em segundo plano. O sabor acompanha as mesmas características do aroma, seguido de dulçor vindo do malte em equilíbrio com a presença suave do lúpulo.

Para harmonizar

Seguindo a ideia de pratos rápidos e fáceis, vamos de harmonização cultural! Que tal uma porção de weisswurst? Feita à base de carne de vitela, finamente picada, e toucinho de porco fresco. É normalmente temperada com salsa, limão, cebola, gengibre e cardamomo, apesar de existirem outras variações.

Comment

Cevada Pura English IPA

Cevada-Pura-English-IPA

Inaugurada em 2001, a Cevada Pura foi a primeira microcervejaria de Piracicaba, com a produção voltada para venda de chope em barril. Com o tempo, foi conquistando prestígio e espaço no mercado da região e arredores, o que os estimulou a começar a envasar as cervejas que produziam e ampliar o portfólio de estilos.

Em 2014, abriram as primeiras filiais, uma em Maceió (Alagoas) e outra emSanta Barbara D’oeste (São Paulo) e consolidaram importantes parcerias com cervejarias de fora do país, entre elas a Cigar City. A Cevada Pura English India Pale Ale, já leva o estilo no nome. De coloração âmbar, boa formação de espuma e média persistência no copo. No aroma, notas de pão, cereais, caramelo e de lúpulo, voltado para um perfil mais herbal, terroso e levemente cítrico. O sabor acompanha o aroma, acrescido de um final amargo e seco. Uma bela cerveja!

Para harmonizar

Pratos rápidos e fáceis de fazer, aproveitando que ainda estamos na estação mais feliz do ano! Que tal degustar a sua Cevada Pura English IPA com um belo Croque Monsieur? Para quem não sabe, esse nome é dado ao famoso misto quente, onde se insere queijo também do lado de fora e o deixa alguns minutos no forno para derrete-lo! O amargor contrasta com a gordura, além das notas de malte se assemelharem às do pão de forma. E, cá para nós, você não vai perder nem 15 minutos no preparo!

Comment

Hop Valley Alpha Centauri Binary IPA

Hop-Valley-Alpha-Centauri

Cervejaria fundada por quatro apaixonados por cerveja, em 2009, na cidade de Springfield (Oregon), extremo noroeste dos Estados Unidos, região conhecida como o berço dos melhores lúpulos daquele país. Atualmente, o escritório se encontra na cidade de Eugene, Oregon, restando à cidade-natal somente o restaurante original da Hop Valley. A Hop Valley Brewing Company produz artesanalmente cervejas da mais alta qualidade, tendo crescido de 1.000 barris em 2009 para mais de 12.000 barris atualmente. No restaurante original da Hop Valley, em Springfield, você encontra suas cervejas na torneira e excelentes pratos com ingredientes locais.

A Hop Valley Alpha Centauri Binary IPA é uma Imperial India Pale Ale para nenhum apaixonado por lúpulo colocar defeito! Na coloração cobre alaranjado, boa formação de espuma e excelente estabilidade. No aroma, notas de frutas amarelas intensas, citrinos em equilíbrio com o malte, remetendo ao dulçor do caramelo. O sabor acompanha a descrição do aroma. Seca, pede um próximo gole constante. O álcool, apesar de pronunciado, é imperceptível. Uma delícia de cerveja!

Para harmonizar

Para acompanhar a potência dessa cerveja, sugerimos pratos igualmente robustos, portanto esqueça a dieta por algumas horinhas e aproveite a combinação. Vamos de tortillas mexicanas de chili com carne? O amargor da cerveja, assim como a presença mais marcante do malte, contrasta com a picância do prato, neutralizando o sabor e tornando a próxima garfada mais agradável.

Comment

Abbaye Averbode

Abbaye-Averbode

A Abbaye Averbode é uma homenagem à revalorização da produção cervejeira da Abadia que remonta ao século 14 e que perdurou até o início do século 20 com a produção de várias cervejas. A Abadia licenciou a cervejaria da outra conhecida cerveja, Delirium, a produzir sua cerveja e esta de pronto, tem cumprido a responsabilidade de forma brilhante!

A Abbaye Averbode é uma Belgian Strong Golden Ale, de coloração amarelo intenso, levemente turva e de boa formação de espuma. É feita com multigrãos – malte de cevada, aveia e espelta (espécie de trigo). O lúpulo também é inserido a frio durante o período de guarda, para conferir um aspecto mais frutado e fresco. O sabor acompanha o aroma e é acrescido da sensação alcoólica média. Especiarias, frutas amarelas e brancas, além de cereais também são percebidos e típicos do estilo.

Para harmonizar

Nossa sugestão é uma deliciosa porção de bolinhos de bacalhau. A gordura da fritura contrasta com a presença alcoólica da cerveja, além das notas adocicadas serem semelhantes. Temos cerveja de que você vai gostar!

Hop Valley Alphadelic IPA

Hop-Valley-Alphadelic-IPA

Cervejaria fundada por quatro apaixonados por cerveja, em 2009 na cidade de Springfield (Oregon), extremo noroeste dos Estados Unidos, região conhecida como o berço dos melhores lúpulos daquele país. Atualmente, o escritório se encontra na cidade de Eugene, Oregon, restando à cidade-natal somente o restaurante original da Hop Valley. A Hop Valley Brewing Company produz artesanalmente cervejas da mais alta qualidade, tendo crescido de 1.000 barris em 2009 para mais de 12.000 barris atualmente. No restaurante original da Hop Valley, em Springfield, você encontra suas cervejas na torneira e excelentes pratos com ingredientes locais.

Sob o estilo India Pale Ale, Hop Valley Alphadelic IPA é um excelente exemplar, bem fiel ao estilo. Visualmente, é uma cerveja de coloração âmbar alaranjado, levemente turva e de excelente estabilidade de espuma. No aroma, notas intensas de lúpulo, remetendo ao perfil cítrico como frutas amarelas (maracujá, citrinos, abacaxi), acompanhado de notas de dulçor como caramelo e cereais, vindos do malte.

Para harmonizar

Nossa sugestão é um prato bastante simples, mas incrivelmente delicioso. Vamos de batatas fritas com cheddar e bacon? Bastante gorduroso, ele contrasta com o amargor pronunciado da cerveja vindo do lúpulo, que acaba servindo como agente de limpeza na boca, facilitando a próxima garfada. E, cá para nós, tem combinação mais interessante para um happy hour com os amigos?

Comment

Wadworth The Bishop's Tipple

Wadworth-the-bishop

A Wadworth é uma microcervejaria inglesa aberta em 1875. Fundada por Henry Wadworth, rapidamente viu seus negócios avançarem a passos largos. Em 1885, a cervejaria mudou de local, continuando ainda na região, e aumentou a sua capacidade de produção. Desde então é uma forte influência sobre a economia da província, Devizes, e abastece todo o sul da Inglaterra.

A Wadworth The Bishop's Tipple é uma clássica cerveja do estilo Extra Special Bitter, conhecida também pelas siglas ESB. Como a maioria das cervejas inglesas, a carbonatação é média-baixa e a formação de espuma é de baixa persistência. No aroma, notas de malte remetendo à caramelo, frutas amarelas como damasco e suave frescor vindo do lúpulo, lembrando manjericão. O sabor acompanha o aroma, equilibrando sabor e corpo, deixando-a fácil de beber e bastante agradável.

Para harmonizar

A harmonização é cultural! Vamos de fish and chips? Prato bastante comum na Inglaterra, é um cone com batatas fritas e peixes empanados fritos juntos. Bastante descontraído, você pode comer com as mãos! Além disso, as notas mais gordurosas da fritura dos itens contrastam com o amargor médio da cerveja.

Hell Beirão Pils

Hell-Beirão

A história da Cervejaria Invicta começou com a batalha do mestre-cervejeiro Rodrigo Silveira na criação de receitas gourmet para apreciadores de boas cervejas. Lançada em 2011, a Cervejaria Invicta não poupa esforços para investir em maquinário, reforma e ambientação do local, que além de sediar a fábrica, abriga um bar, com música ao vivo, em um espaço de 600 metros quadrados.

Fazendo uma brincadeira bem-humorada com o clima de Ribeirão Preto, cidade natal da Cervejaria, eles criaram a Hell Beirão Pils. Sob o estilo German Pils, ela apresenta boa aparência, coloração limpa e brilhante, boa formação de espuma e estabilidade também. No aroma, notas de malte e cereais evidentes, seguidas da presença floral do lúpulo, em segundo plano. O sabor segue o aroma, oferecendo uma percepção suave e equilibrada na boca permitindo que ela seja a pedida ideal para dias de intenso calor.

Para harmonizar

A harmonização vai entrar no clima do verão! Que tal um sanduíche natural de frango? Tão leve como a cerveja, um não sobressai ao outro, tornando a dupla uma ótima opção para um dia de sol na praia.

Comment

Primator Weizenbier

Primator-Weizenbier

Fundada em 1872, na cidade de Náchod, norte da República Tcheca, a Cervejaria é responsável pela marca Primator e outras diversas marcas. Após a queda do comunismo, permaneceu estatal até 2009, quando foi vendida ao grupo tcheco de investimentos Liberec. Após a compra, a marca ganhou força e mercado reforçando a imagem de qualidade das cervejas do país que é o número 1 do mundo em consumo per capita.

Seguindo à risca a Lei da Pureza, segundo a qual as cervejas são produzidas com quatro ingredientes (malte, água, lúpulo e levedura), a Primator Weizenbier é uma cerveja do estilo Hefeweizen. Visualmente, sua coloração é amarela, turva por não ser filtrada, com excelente formação e estabilidade de espuma. No aroma, notas de biscoito, casca de pão, cereais, frutas amarelas e brancas, além do característico aroma de cravo e banana. O sabor acompanha o aroma e é acrescido de uma agradável sensação de refrescância por conta da alta carbonatação, típica do estilo.

Para harmonizar

Espaguete ao Verão, receita simples, composta por abobrinhas, tomate e azeite. A carbonatação da cerveja contrasta com a presença do azeite, além de as notas de dulçor da cerveja vindas do malte serem semelhantes às dos legumes e massa, principalmente se for fresca. Num dia de calor, é gol de placa!

Comment

Diabolici

Diabolici

A Anthony Martin é uma das maiores distribuidoras de bebidas da Bélgica e hoje faz parte de seu portfólio cervejas como: Gordon Finest, Dominus, Guinness Special Export, Bourgogne des Flandres, Brabant e Timmermans, entre outras. Além claro, desse exemplar que você recebe este mês, a Diabolici.

A Diabolici é uma Belgian Strong Golden Ale. Na aparência, amarelo dourado, brilhante e persistente formação de espuma. No aroma, notas de malte, especiarias como cravo, suave frutado vindo das frutas amarelas. O aroma mantém as mesmas características e é complementado pelo lúpulo floral em segundo plano. O teor alcoólico pronunciado, encerra na boca uma importante sensação de aquecimento que persiste até o próximo gole.

Para harmonizar

Uma bela paella! É um prato mais intenso, por isso pede uma cerveja de personalidade como esta. Além das notas semelhantes de condimentos, como açafrão, alho e temperos, especiarias e suave dulçor dos frutos do mar que se juntam da cerveja e do prato.

Kasteel Donker

kasteel.png

Um dos clássicos da Cervejaria Van Honsebrouck. Por três gerações, desde 1900 produzindo ales, atualmente a sede se localiza na cidade de Ingelmunster, em um castelo construído em 1075, por Robrecht de Fries, conde dos Flanders. O castelo foi construído nas ruínas de um antigo monastério, abandonado em 640. A construção atual data de 1736, com a adega, ou porão, da Idade Média. Em 1986, a família Van Honsebrouck comprou o castelo e ali estabeleceu a sede da cervejaria.

A Kasteel Donker é uma Belgian Strong Dark Ale, de coloração intensa, boa formação e estabilidade de espuma. No aroma, notas de frutas passas escuras, como ameixa e uva, além de castanhas, amêndoas e mel. O sabor acompanha o aroma acrescido de uma importante sensação alcoólica que persiste no paladar.

Para harmonizar

Uma intensa cerveja merece uma harmonização à altura: que tal manjar com ameixas secas e mel? O dulçor excessivo contrasta com o alto teor alcoólico, além de as ameixas secas escuras se assemelharam às notas da cerveja, que também trazem frutas escuras passas, notas vinificadas, de mel e candy sugar. É para aproveitar aos poucos!

Comment

Bucking Black Sheep

Dead-Frog-Bucking-Black-Sheep

A Cervejaria Dead Frog é canadense e está pela primeira vez no Brasil. Antes, seu nome era Backwoods Brewing Company, mas decidiram mudá-lo para o atual, que em português quer dizer Sapo Morto, com o intuito de que seus consumidores lembrassem mais de sua marca. A cervejaria também é engajada com a sustentabilidade e defende o uso da reciclagem sempre sob o slogan: Save the frogs. Recycle!

A Bucking Black Sheep é uma Black India Pale Ale, estilo novo por aqui no CluBeer! Muito se engana quem acredita que é uma cerveja pesada. Apesar de unir a tosta e o amargor, é uma cerveja de bom drinkability, álcool médio e corpo leve. Na aparência, boa persistência de espuma, coloração negra. No aroma, notas tostadas do malte em equilíbrio com a citricidade do lúpulo. No primeiro gole, a primeira percepção é a da tosta seguida do amargor. Uma bela cerveja!

Para harmonizar

Linguiças aceboladas. E se quiser incluir um pão de baguete não tem problema. As notas tostadas se assemelham, além de o amargor contrastar o umami da carne e gordura média do prato. Para quem não sabe, o umami é o quinto gosto básico reconhecido pelo paladar, encontrado em diversos alimentos, como carnes, peixes, queijos, cogumelos e tomate.

Oakshire Original

Oakshire-Original

Iniciando as atividades em outubro de 2006, a Oakshire Brewing é fruto da sociedade dos irmãos Jeff e Chris Althouse. De hobby passou a ser uma das cervejarias mais premiadas do noroeste do Pacífico, em Eugene, Oregon (EUA). Essa cerveja tem um lugar especial no coração da Cervejaria Oakshire: foi a primeira a ser fabricada por eles. O nome da cervejaria representa os nossos valores fundamentais: Força; Independência, que alimenta a inovação; e Comunidade, recordando o lugar que ocupam dentro do todo.

A Oakshire Original é uma American Amber Ale. De coloração âmbar escuro, boa formação e estabilidade de espuma. No aroma, notas de malte remetendo ao caramelo, biscoito, pão e toffee, além do frescor do lúpulo cítrico, resinoso. O sabor acompanha o aroma, acrescido de pronunciado amargor que persiste no retrogosto.

Para harmonizar

Kibe frito. A fritura contrasta com o amargor da cerveja, além de as notas mais adocicadas serem semelhantes. E, cá pra nós, uma porção de kibes fritos com uma Amber Ale ao lado dispensa muita explicação, né?

Comment

Madalena Bohemian Pilsener

Madalena-Bohemian-Pilsener

Fundada em janeiro de 2012, em Santo André (SP), a Cervejaria Premium Paulista (CEPP) tem como atributo principal a qualidade de suas cervejas, conhecidas pelo nome de Madalena e elaboradas com receitas artesanais, utilizando tecnologia de ponta e uma infraestrutura bastante moderna do mercado.

Sendo uma Bohemian Pilsener, essa cerveja é um clássico do estilo alemão. De coloração amarelo dourado, brilhante e de boa formação de espuma. No aroma, notas de pão, biscoito e suave floral. O sabor acompanha o aroma e ainda persiste no retrogosto um amargor fino e elegante.

Para harmonizar

Pensamos em um prato bastante simples: filé de frango grelhado com legumes salteados na manteiga. Ambos são leves, além de o fino amargor contrastar com a suave manteiga do preparo. Não vai pesar no paladar, e você terá uma deliciosa experiência!

Insana Witbier

Insana-Witbier

Três amigos, a paixão por cerveja e um ideal comum. Essa foi a fórmula que deu origem à Cerveja Insana, criada por Pedro Reis, Evandro Marini e Francelo Carrero, sócios cervejeiros que, há 8 anos, começaram a desenvolver a bebida para consumo próprio e de familiares. Com o passar do tempo, os amigos começaram a apreciar as cervejas e assim surgiu a ideia de transformar o hobby em negócio. Considerados por muitos como insanos por querer produzir cervejas diferenciadas no interior do Paraná, mantiveram o desejo de produzir cervejas de alta qualidade.

Sob o estilo Belgian Witbier, a Insana Witbier é uma cerveja de coloração amarelo claro, turva, de boa formação e excelente persistência de espuma, típicas das cervejas de trigo. No aroma, notas cítricas, sementes de coentro e malte, lembrando grãos. O sabor acompanha o aroma, acrescido de uma refrescância agradável e que pede um segundo gole.

Para harmonizar

Que tal uma salada árabe Fatuch? Bastante leve, ideal para dias de calor, ela combina superbem com essa cerveja também suave e delicada. O pão sírio, que acompanha, se assemelha às notas de pão vindas do malte, além da hortelã intensificar a refrescância da cerveja.

Comment

Brigand

Brigand

Tradição, qualidade e conhecimento são as palavras-chave que tornam a Van Honsebrouck, por três gerações, desde 1900, uma cervejaria diferenciada. A sede está localizada na cidade de Ingelmunster, em um castelo construído em 1075 por Robrecht de Fries, conde dos Flanders. Apenas como curiosidade, o nome da cerveja é uma homenagem aos camponeses que, em 1798, expulsaram os franceses da cidade de onde está localizada até hoje e eram conhecidos como os the Brigands.

A Brigand é uma Belgian Strong Golden Ale. Coloração amarelo dourado, brilhante e ótima formação de espuma. No aroma, notas de malte, especiarias como cravo, suave frutado vindo das frutas amarelas. O aroma mantém as mesmas características e é complementado pelo lúpulo floral em segundo plano. O teor alcoólico pronunciado encerra na boca uma importante sensação de aquecimento que persiste até o próximo gole.

Para harmonizar

Nossa sugestão é um strudel de maçã pela semelhança na doçura, nas notas de frutas amarelas e brancas. A carbonatação importante acalma o dulçor do doce, permitindo uma próxima garfada mais suave.

De Ranke Guldenberg

De-Ranke-Guldenberg

Assim como muitas cervejarias belgas, a cervejaria De Ranke foi criada como um hobby por dois amigos (Nino Bacelle e Guido Devos) que aos finais de semana alugavam uma antiga instalação cervejeira para produzir o que alguns consideram as melhores cervejas “especiais” da Bélgica, ou seja, cervejas sem estilos descritos nos guias internacionais. Somente nos últimos anos que a De Ranke deixou essa locação, e passou a produzir em suas próprias instalações. Desde então, tem adquiridos prêmios importantes do meio e notas muito altas no ratebeer.com, o maior ranking de cervejas do mundo!

A Guldenberg é uma Belgian Tripel que dispensa grandes explanações! Bastante imponente, apresenta uma coloração âmbar claro, suave turbidez e excelente formação de espuma. No aroma, notas de especiarias, leve frutado como frutas amarelas e brancas e suave herbal do lúpulo. O sabor acompanha o aroma, além da importante sensação de aquecimento vinda do 8% de álcool e o amargor pronunciado no aftertaste que a tornam complexa, intensa e extremamente aromática.

Para harmonizar

Que tal bacalhau ao forno? Por ser um peixe mais gorduroso e envolver bastante azeite na receita, ele se encaixa perfeitamente a essa cerveja, equilibrando amargor, doçura e carbonatação à intensa gordura do prato. É para esperar o Bom Velhinho em grande estilo!