Cervejaria Colorado lança linha de geleias à base de malte, cevada e lúpulo

Desenvolvidas em parceria com a Blue Hops, Geleias Colorado usam frutas brasileiras

A linha de Geleias Colorado com frutas tipicamente brasileiras (Fotos: Divulgação)

A linha de Geleias Colorado com frutas tipicamente brasileiras (Fotos: Divulgação)

Em continuação ao movimento “O Sabor é Cego” de valorização da biodiversidade brasileira e a promoção dos micro e pequenos produtores, a Cervejaria Colorado, em parceria com a empresa Blue Hops, acaba de lançar uma linha de geleias. Nos sabores Graviola, Frutas Vermelhas e Caju, as Geleias Colorado são produzidas com as mesmas frutas utilizadas nas cervejas da marca, tendo como diferencial o uso de do malte de cevada e lúpulo em sua receita.

Marcelo Carneiro, sócio fundador da Cervejaria Colorado, explica:

“O toque de brasilidade e a inovação sempre estiveram presentes em nossas cervejas. Esta é mais uma homenagem que a Colorado faz a biodeliciosidade das frutas brasileiras, que muitas vezes são esquecidas ou desperdiçadas por serem consideradas ‘frutas feias’, criando a oportunidade de prova-las em outras versões.”

Maltadas e lupuladas, como uma boa cerveja também deve ser, as Geleias Colorado poderão ser encontradas em três versões. Frutas Vermelhas, uma receita 100% brasileira que leva grumixama, amora do mato, cereja do rio grande e hibisco, uma mistura de sabores ácidos e herbais; Caju, que equilibra o amargor e o adocicado da fruta e Graviola, de sabor leve e refrescante.

A maior parte das frutas utilizadas provém dos mesmos produtores que já fornecem para a Cervejaria Colorado. O malte de cevada e o lúpulo, que compõe as receitas das geleias, funcionam como adoçante e conservante naturais.

Túlio Rodrigues, gerente geral da Blue Hops, empresa que responsável pelo desenvolvimento, destaca:

“Eles ressaltam ainda mais os sabores das frutas, prevalecendo as características de cada uma.”

As geleias já estão disponíveis no site do Emporio.com, com entrega em todo o Brasil, e nas unidades do Bar do Urso em São Paulo com preço sugerido de R$ 13,90.

A Colorado e as frutas

Desde que surgiu, há 20 anos, a Cervejaria Colorado traz um toque de brasilidade em suas cervejas. Água, malte, lúpulo e levedura ganham diversas releituras, inspiradas na diversidade de ingredientes que o Brasil possui. O propósito inovador e curioso, apresentado pelo fundador Marcelo Carneiro, ganhou também uma assinatura de marca, o Desiberne, que busca inspirar e convidar pessoas a perceberem diferentes possibilidades por trás de cada momento da vida, “até os mais rotineiros, como consumir frutas”, explica Marcelo.

E é seguindo essa lógica que a Colorado buscou na biodiversidade de frutas do país a inspiração para sua nova linha de cervejas frutadas. Uma homenagem não só às “biodeliciosas” frutas, mas também, a personagens históricos, lendas e nomes científicos, que se tornaram os nomes dos rótulos dessa linha.

As frutas usadas pela Colorado são fornecidas pelo Sítio do Bello, que cultiva frutas típicas do Brasil que não estejam disponíveis no mercado atualmente. A propriedade é localizada em Paraíbuna, interior de São Paulo e, às vezes, respeitando a localidade mais favorável ao plantio, contam com parceiros. No Sítio do Bello, além de encontrar uvaia, grumixama, feijoa, araçá, baru, jenipapo, biribá, cambuci, cambucá, gabiroba, cereja-do-rio-grande, jaracatiá, pitanga e outras, nenhuma fruta é desperdiçada: o que não pode ser aproveitado in natura vira polpa e pode ser aproveitado de inúmeras maneiras.

Ao lançar uma linha de cervejas frutadas, a Colorado “desibernou” para uma questão de interesse nacional: as frutas brasileiras, representantes da biodiversidade do país, que são, praticamente, esquecidas e desperdiçadas. Tanto que, entre as frutas usadas na nova linha de cervejas, apenas caju e graviola são conhecidas com amplitude no país.

A Colorado então decidiu convidar as pessoas para outra visão das frutas, mostrando que todas elas têm qualidade e sabor. As feias, as bonitas, as que ninguém conhece. E criou “O Sabor é Cego”, uma iniciativa para que mais pessoas entendam a importância das frutas e valorizem a nossa biodiversidade e apoiem, junto com a marca, pequenos produtores e projetos que priorizam frutas, independentemente da aparência ou origem.

Conforme a cervejaria, pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest demonstrou que as frutas mais conhecidas no país (90% dos respondentes) são banana, abacaxi, maçã. E outras frutas, originalmente brasileiras, foram provadas por uma pequena parcela da dos respondentes, como a amora-do-mato (33%), uvaia (9%), cereja-do-rio-verde (5%) e outras regionais – esses dados sobem ligeiramente quando analisamos por localidade, a uvaia, por exemplo, é conhecida por 22% dos respondentes do sudeste.