Stone Brewing processa MillerCoors

Cervejaria californiana alega que mudança em layout causa confusão de marcas

Greg Koch alega que a nova identidade visual da cerveja da MillerCoors provoca confusão com a marca Stone Brewing (Foto: Divulgação)

Greg Koch alega que a nova identidade visual da cerveja da MillerCoors provoca confusão com a marca Stone Brewing (Foto: Divulgação)

Uma das cervejarias mais celebradas pelo movimento das artesanais, a Stone Brewing, que nasceu há mais de 20 anos e desde então mantém a promessa de jamais vender a sua marca para um grande grupo, acaba de lançar uma briga judicial contra uma "Big Beer". A cervejaria de Escondido, Califórnia, EUA, reclama do uso da palavra Stone em um rótulo da MillerCoors - empresa que pertenceu à SAB Miller e ficou excluída da aquisição feita pela AB InBev em 2015.

Em vídeo, Greg Koch, fundador da Stone Brewing, explica as motivações do processo, ingressado nesta semana em um tribunal federal em San Diego. A cervejaria californiana alega que a MillerCoors, na nova apresentação da Keystone Light, violou a marca de propriedade da Stone, podendo gerar confusão entre os consumidores desavisados. A MillerCoors rebate a acusacão de má fé e define a ação como um "golpe publicitário".

A renovação da identidade visual por que passou a Keystone Light em abril enfatizou a palavra "Stone", com um letreiro que cobre um lado da lata. Quando empilhadas as latas, fica mais evidente a palavra, sem menção à Keystone ou à MillerCoors, o que pode reforçar a confusão com a Stone Brewing. Outra questão levantada na ação é que a campanha nas redes sociais e em sites apresenta a Keystone como apenas Stone.

Além de reverenciada por apreciadores de artesanais, a Stone é uma empresa bem-sucedida. Em 2016, abriu uma fábrica em Berlim e uma unidade em Richmond, no estado da Virgínia (EUA).

Não é a primeira batalha judicial motivada por marcas, no cenário cervejeiro americano. Outra que teve repercussão nos últimos anos foi a batalha Lagunitas x Sierra Nevada.

Na Justiça brasileira, um caso rumoroso foi o da Duvel x Deuce. Para dicas sobre o tema de registros de marca, confira as orientações do Advogado Cervejeiro em texto publicado no site da Beer Art.