Clube de cerveja faz paródia em campanha

O Resmungão lembra os bichinhos da propaganda de leite da década de 90

Personalidades cervejeiras estrelam a campanha do clube fundado em Porto Alegre (Foto: Divulgação)

Personalidades cervejeiras estrelam a campanha do clube fundado em Porto Alegre (Foto: Divulgação)

Os mamíferos que, em 1996, bebiam leite agora bebem cerveja: uma paródia a antiga campanha dos anos 90 estreou nas ruas de Porto Alegre. Espalhada pela cidade, a campanha 'O Resmungão - um clube de cerveja para gente grande'. Com o mote 'Eles cresceram – e não bebem mais leite", a campanha faz uma descontraída brincadeira para divulgar um serviço de delivery com clube de assinatura de cervejas artesanais. O Resmungão é um clube de assinatura para gente grande, que entrega na porta dos gaúchos as novidades da produção artesanal. Pré-envazando cervejas de diversos parceiros e entregando na casa dos assinantes, a empresa ganhou o apelido de "o leiteiro da cerveja".

Para divulgar o serviço, disponível há pouco mais de um ano em Porto Alegre, cervejeiros e personalidades relacionadas ao mundo da cerveja, como o baterista da Nenhum de Nós, Sady Homrich, foram convidados a posar com fantasias de animais diversos.

"Ele pediu que fosse um elefante rosa", comenta Marcel Meyer sobre a escolha do próprio músico durante o ensaio, para remeter ao mascote de uma famosa cervejaria belga.

A produção das fotos aconteceu no início do ano e contou com fantasias elaboradas por figurinista local e confeccionadas especialmente para a ocasião. Além dos mamíferos que marcaram a história da propaganda com a empresa de lacticínios, como o leão, porco, vaca, a campanha do O Resmungão incluiu também um jacaré.

Num estado com o maior número de cervejas artesanais, o acesso a esta produção ainda é um gargalo para os microcervejeiros. Para auxiliar na ponte entre cervejaria e consumidor final, três jovens resolveram criar um serviço que tira a cerveja viva das torneiras e entrega na porta da casa ou do trabalho do cliente.

Chamado de O Resmungão (tradução literal da palavra Growler), o clube de assinatura tem torneiras virtuais para a escolha do cliente e uma parceria com uma cervejaria para o pré-envase da cerveja de forma industrial, que garante que ela chegue como 'leite fresco' na porta do cliente. Marcel Meyer e Rodrigo Osório tocam o negócio desde a gestão do clube virtual, com curadoria para ensinar na escolha dos estilos artesanais de quem nunca bebeu e quem já tem conhecimento das artesanais, até a entrega na porta do assinante.

Um dos apelos é o ambiental. Como a embalagem é retornável, nos cálculos da empresa um assinante semanal do O Resmungão deixa de jogar fora 200 garrafas de cerveja no meio ambiente.