Noi recebe o primeiro selo Niterói Cervejeiro

Distinção foi criada com a Lei Municipal 3.288 para valorizar a produção de cerveja artesanal

Cervejaria recebeu o selo depois da análise de mais de 50 critérios por comissão (Foto: Bruno Eduardo Alves/Divulgação)

Cervejaria recebeu o selo depois da análise de mais de 50 critérios por comissão (Foto: Bruno Eduardo Alves/Divulgação)

A Cervejaria Noi recebeu nesta quinta-feira, 1º de agosto, o primeiro selo Niterói Cervejeiro, criado com a Lei Municipal 3.288 para reconhecer e valorizar a fabricação de cerveja artesanal no município. Uma comitiva da prefeitura formada pelos secretários municipais Luiz Paulino Moreira Leite (Desenvolvimento Econômico), Eurico Toledo (Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade), Miguel Vitoriano (Participação Social) e Dayse Monassa (Seconcer) esteve na Nostra Casa Della Birra, a fábrica da marca, em Itaipu. Antes da solenidade os presentes acompanharam uma visita guiada com o sócio-fundador da Noi, Osmar Buzin, e as diretoras Bianca Buzin e Beatrice Signor.

O selo Niterói Cervejeiro é concedido após a análise de mais de 50 itens por uma comissão formada por representantes da Secretaria de Cultura, Secretaria de Meio Ambiente, da Niterói Empresa de Lazer e Turismo, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, da Universidade Federal Fluminense e da Firjan. A Noi foi a primeira a cumprir todas as exigências da comissão de avaliação, que inclui até uma política de não agressão ao meio ambiente no processo de fabricação e tratamento dos resíduos produzidos.

Luiz Paulino Moreira Leite, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, comentou que a prefeitura busca incentivar e dar a chance ao produtor artesanal de estabelecer e expandir seu negócio, respeitando a regulamentação municipal:

“A lei dos cervejeiros era um sonho para quem produzia em Niterói, mas não tinha como se instalar, nem contava com esse conjunto de práticas socioambientais e sanitárias. O selo é um atestado que diz que a empresa contribui para o desenvolvimento econômico da cidade, respeitando a sustentabilidade e toda a legislação vigente.”

Para Osmar Buzin, fundador da Noi, o selo é um reconhecimento das boas práticas da empresa:

“Descobrimos desde cedo o valor das cervejas artesanais e percebi que tinha tudo para fazer um rótulo de sucesso no país. Antes mesmo da construção da fábrica, já tínhamos seis receitas prontas. Desde então, a Noi ganhou mais de 40 concursos nacionais e internacionais, e a nossa cidade de Niterói sempre é apresentada em cada participação nossa.”