Cerveja Blumenau lança com a Eggenberg a Blumenauer Samichlaus

Doppelbock é lançada em edição comemorativa, em lote limitado e com taças de cristal

Cerveja produzida em Blumenau com a austríaca Eggenberg tem 12% de teor alcoólico (Foto: Alexandre EggertDivulgação)

Cerveja produzida em Blumenau com a austríaca Eggenberg tem 12% de teor alcoólico (Foto: Alexandre EggertDivulgação)

Está no mercado o primeiro rótulo colaborativo internacional da Cerveja Blumenau. Produzida em junho, na sede da fábrica em Santa Catarina, a Blumenauer Samichlaus é uma Doppelbock fruto de uma parceria com a cervejaria austríaca Eggenberg, que está entre as mais tradicionais da Europa.

O rótulo chega ao mercado em um kit acompanhado de duas taças de cristal desenvolvidas especialmente para ele. A garrafa tem 300ml e pode ser consumida em até três anos.

Valmir Zanetti, diretor da Cerveja Blumenau, diz que a parceria resultou em uma cerveja com uma personalidade marcante e trouxe ainda vários aprendizados.

“Durante a visita do Karl Stöher, diretor da Eggenberg que nos visitou em junho, pudemos trocar experiências sobre o cenário cervejeiro internacional, ouvir a opinião dele a respeito do posicionamento dos nossos produtos e da fábrica, além de conhecer mais sobre uma marca que há mais de 300 anos é um símbolo da Áustria. Quisemos coroar tudo isso com um kit pensado com muito carinho.”

A graduação alcoólica da cerveja é de 12% e o IBU (índice que mede o amargor) é de 25. De acordo com o cervejeiro da Cerveja Blumenau, Daniel Ropelato, a Blumenauer Eggenberg é uma bebida densa, complexa e licorosa:

“Ela tem baixa carbonatação e apresenta uma fina e persistente espuma. No aroma, notas intensas de madeira amburana lembrando especiarias como canela, cravo e baunilha além de leve cardamomo. Sem perder as características maltadas de uma doppelbock.”