Cerveja

Cerveja Blumenau produz Doppelbock com cervejaria de 336 anos

Colaborativa com a austríaca Eggenberg, da celebrada Samichlaus, terá duas versões

Para a brassagem, a cervejaria catarinense recebe no dia 1º de junho Karl Stöher (Foto: Dejota Castro/Divulgação)

Para a brassagem, a cervejaria catarinense recebe no dia 1º de junho Karl Stöher (Foto: Dejota Castro/Divulgação)

Com menos de dois anos de atividade, a Cerveja Blumenau tem o privilégio de produzir uma nova receita em conjunto com uma cervejaria com mais de três séculos. A marca catarinense anunciou que fará uma Doppelbock com a marca austríaca Eggenberg (com 336 anos de história), da celebrada Samichlaus.

A brassagem da Doppelbock criada em conjunto pelos cervejeiros das duas empresas é no dia 1º de junho, em Blumenau (SC), com a presença de Karl Stöher. A cerveja terá duas versões. A primeira, produzida no Brasil nesta data, terá na composição lúpulos trazidos da Áustria pelo cervejeiro da Eggenberg. A segunda, que vai ser fabricada na Áustria em setembro, será maturada em barris de amburana e levará sementes de cumaru na receita. Ambas terão graduação alcoólica de 12% e serão rótulos de guarda.

O cervejeiro da Cerveja Blumenau, Fernando Lapolli, descreve a oportunidade como "incrível":

"A Eggenberg é uma marca que une tradição local com um sabor apreciado em todo o mundo. É uma cervejaria única, com produtos que têm uma personalidade e um reconhecimento muito grande no mercado, já que é uma das mais tradicionais da Europa. Essa aproximação é uma chance incrível que estamos tendo e vamos aproveitá-la da melhor maneira possível, com certeza."

O processo de produção do rótulo colaborativo deve levar cerca de três meses. A previsão é de que o lançamento no Brasil seja em setembro.