O que a Bodebrown leva ao Mondial de La Bière Rio 2019

Marca curitibana reúne lançamentos e “surpresa” para esta edição do festival

Samuel Cavalcanti preparou suspense para o festival (Foto: Marcelo Elias/Divulgação)

Samuel Cavalcanti preparou suspense para o festival (Foto: Marcelo Elias/Divulgação)

Como já virou tradição, a cervejaria Bodebrown estará presente no Mondial de La Bière do Rio de Janeiro com novidades, cervejas premiadas e inquietação. Liderada pelo cervejeiro Samuel Cavalcanti, a comitiva da Bodebrown apresentará nada menos do que 16 rótulos no evento. Um deles é uma "grande surpresa", divulgada após a abertura do festival (saiba aqui qual é a surpresa). O Mondial de La Bière do Rio de Janeiro ocorre de 4 a 8 de setembro, no Pier Mauá.

A Bodebrown terá seis lançamentos já revelados no festival. Dois deles tiveram pré-estreia no Mondial de São Paulo e agora chegam ao Rio: Brut IPA Sorachi Ace Pinot Noir e Brut IPA Sorachi Ace Sauvignon Blanc. Elas foram envelhecidas em barricas previamente utilizadas por vinhos, conforme o nome indica.

Outras quatro inéditas também são versões da série Wood Aged (envelhecidas em barricas de madeira), que acabam de sair do “repouso” para ganhar vida nos copos e taças. Este quarteto é formado por: Hair of the Bode Au Carménère (com dois anos de barrica), 4 Blés (quatro anos em barrica), St. Arnould 10 (três anos em barrica) e Brut Ipa El Dorado Sauvignon Blanc.

Além destas, o público poderá aproveitar no evento as seguintes cervejas: Mago de Houblon, Tripel Montfort, Stone/Bodebrown Cacau IPA, Atomga Au Framboise, Perigosa, Speckulaas Biscoito Belga, Atomga Pão de Mel, Regina Sour, Fruta a Vapor e Wee Heavy.

Sobre a “surpresa” preparada para o Mondial, Samuel Cavalcanti adianta apenas que é uma parceria internacional que vem sendo trabalhada em segredo há dois anos.