Festival Brasileiro da Cerveja passa por mudanças

Comitê de Profissionais destinado a aproximar as cervejarias reavalia estandes e ingressos

O principal evento cervejeiro do Brasil realiza a sua edição 2020, em Blumenau, de 11 a 14 de março (Foto: Daniel Zimmermann/Divulgação)

O principal evento cervejeiro do Brasil realiza a sua edição 2020, em Blumenau, de 11 a 14 de março (Foto: Daniel Zimmermann/Divulgação)

O próximo Festival Brasileiro da Cerveja se realiza de 11 a 14 de março de 2020, em Blumenau (SC). O maior evento do segmento do país tem como objetivo aproximar ainda mais o mercado e se fortalecer enquanto fomentador de novos consumidores e negócios para as cervejarias. Por isto, uma das novidades deste ano é a formação de um comitê de profissionais para um diálogo mais direto com o setor.

Compõem o grupo representando as demandas do mercado: Valmir Zanetti, Carlo Bressiani e Maurício Zipf. Em nome da organizadora do evento, a Associação Blumenauense de Turismo, Eventos e Cultura (Ablutec), participam Develon da Rocha e Ulysses Kreutzfeld.

O presidente da Ablutec, Richard Steinhausen, destaca que o modelo aumenta ainda mais a transparência do Festival e o compromisso com o mercado:

“Nosso objetivo é que sejamos, cada vez mais, um evento de cervejeiros, para cervejeiros. Blumenau é a Capital Brasileira da Cerveja e merece sediar um evento que é referência internacional no setor”, destaca. “Todas as ações são dedicadas a melhora do evento para o expositor e aumento do público.”

A primeira ação do comitê foi o envio de um questionário para todas as cervejarias que já participaram do evento, buscando entender as principais demandas e objetivos da vinda ao Festival.

Medidas já tomadas

Algumas definições foram, de imediato, tomadas pelo comitê organizador. A primeira é o redimensionamento no número de expositores.

“Queremos oferecer ao público uma experiência variada e, ao mesmo tempo, tornar o evento viável para as cervejarias. Por isso, em 2020 serão 100 estantes”, comenta Valmir.

Com o intuito de apoiar a ampliação no acesso ao consumidor aos produtos, já está confirmada também a realização de rodadas de negócios amparadas pelo Sebrae. A ideia é que o evento atraia compradores de todos os estados brasileiros, que poderão conhecer as marcas nacionais e se relacionarem comercialmente com elas.

O Concurso Brasileiro de Cerveja também passará por uma mudança. A Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM), que atuou por alguns anos nos bastidores do evento, assume em definitivo a organização da competição.

“Nós entendemos que, ao termos em Blumenau a única instituição de ensino superior da América Latina dedicada à bebida, se torna fundamental que ela esteja mais próxima ao evento”, comenta Ulysses.

As inscrições para o Concurso ocorrem de 25 de novembro de 2019 a 20 de janeiro de 2020.

A reavaliação do valor dos ingressos é mais uma demanda antiga que está sendo estudada.

“Estamos buscando estratégias para redução do custo de acesso ao evento, com o objetivo de atrair um público maior e mais democrático para o Festival”, finaliza Develon.