Os lançamentos da Wonderland Brewery no Mondial de la Bière

Cervejaria premiada na edição do festival em 2018 volta ao festival com 9 cervejas

Linha reúne cervejas complexas e marcantes (Foto: Divulgação)

Linha reúne cervejas complexas e marcantes (Foto: Divulgação)

A Wonderland Brewery, que conquistou uma medalha de ouro no Mondial de la Bière RJ 2018, participa da sétima edição do festival com uma linha de nove cervejas, entre elas três novidades. Desta vez, a cervejaria inspirada no País das Maravilhas lança as Sours (cervejas ácidas) Sour Dee (com morango e goiaba), Sour Dum (com cacau e cupuaçu) e Tweedles (fusão das duas anteriores).

Os lançamentos têm como inspiração os gêmeos da obra de Lewis Carroll, Tweedledum e Tweedledee. As três cervejas foram produzidas a partir de um complexo processo chamado parti-gyle. Sour Dee e Sour Dum serão oferecidas apenas em chope, enquanto a Tweedles terá lançamento apenas em garrafa.

Além dos lançamentos, a Wonderland Brewery prepara mais surpresas para o Mondial de la Bière 2019. A veterana Timeless Porter, cerveja com lactose e caramelo e de amargor leve (25 IBU), foi envelhecida em barris de cachaça, numa fermentação inusitada que será oferecida em chope.

Pedro Fraga, sócio da Wonderland Brewery, explica:

“A Timeless Porter é conhecida por seu sabor mais delicado e textura cremosa. Aproveitamos o ambiente criativo e experimental do Mondial de la Bière para ousar e escolhemos barris de carvalho, que darão um paladar seco e amadeirado à cerveja.”

Também haverá randalls de todas as cervejas – no formato randall, rótulos existentes são temperados com especiarias, em receitas produzidas com exclusividade para o evento. Uma experiência realmente única para os que forem ao Mondial de la Bière deste ano.

“Estamos preparando randalls com baunilha, frutas, ervas, café e outros temperos”, adianta Chad Lewis, também sócio da Wonderland Brewery.

E, para deixar o público mais por dentro do País das Maravilhas, o estande da Wonderland Brewery terá o espaço “Através do Espelho”, uma área repleta de elementos decorativos referentes ao mundo mágico de Alice, com fantasias e outros adereços, para que o público se vista, incorpore o personagem e se sinta verdadeiramente parte do universo encantado. As fotos neste espaço são quase uma parada obrigatória do Mondial de la Bière e os que postarem no Instagram com a hashtag #sededepersonalidade levarão a fotografia impressa.

Além das cervejas ousadas e de sabor marcante, a Wonderland Brewery é reconhecida pelo design de suas garrafas.

“Como a cervejaria é inspirada no mundo de Alice no País das Maravilhas, mergulhamos neste universo e criamos ilustrações detalhadas e um tanto oníricas para nossos rótulos”, avalia Anna Lewis, sócia da Wonderland Brewery.

As artes se tornaram uma das marcas da cervejaria, e poderão ser levadas para casa em formato de pôster e tatuagens temporárias. Também poderão ser adquiridos durante o evento outros produtos da Wonderland Brewery, como camisetas e taças Teku, indicadas para todos os tipos de cerveja.

O processo parti-gyle

Parti-gyle é um dos mais tradicionais, complexos e celebrados processos da cervejaria artesanal, que possibilita a produção de duas (ou mais) cervejas a partir do mesmo mosto. “Usamos uma enorme quantidade de malte na primeira brassagem, que resulta em um mosto rico em açúcar”, explica Chad Lewis, sócio de Pedro e Anna na Wonderland Brewery. O primeiro mosto originou a Poacher, uma Imperial IPA com teor alcoólico elevado (8,3%), de alto amargor (72 IBU) e com quatro tipos de lúpulo: Amarillo, Simcoe, Centennial e Mosaic.

Na segunda parte é adicionada mais água ao mesmo bagaço, extraindo açúcares residuais dos grãos. O resultado é um segundo mosto menos concentrado, que irá resultar em uma bebida mais suave, que pode ser enriquecida com temperos, leveduras e outros ingredientes. Na Wonderland Brewery, este mosto passou por um período expandido de acidificação e gerou a base das sours. Então, foram adicionadas diferentes frutas para as novas criações: morango e goiaba para a Sour Dee, cacau e cupuaçu para a Sour Dum e uma mistura dos quatro ingredientes para a Tweedles.

Todas as cervejas da Wonderland Brewery são inspiradas em personagens de Alice no País das Maravilhas. Os gêmeos Tweedledee e Tweedledum, que aparecem em “Alice através do espelho” foram os escolhidos para dar vida as três cervejas porque, tanto na versão cervejeira quanto na do livro, eles se complementam, ainda que tenham suas individualidades. A primeira cerveja do parti-gyle, Poacher, é inspirada no Morsa, que aparece em um poema recitado pelos gêmeos na história de Lewis Carroll.

Fundada em 2018 no Rio de Janeiro pela siberiana Anna Lewis, pelo americano Chad Lewis e pelo brasileiro Pedro Fraga, a Wonderland Brewery oferece cervejas complexas e marcantes. Criada por cervejeiros que testemunharam o desenvolvimento do mercado de cerveja artesanal nos Estados Unidos – berço do movimento –, a Wonderland Brewery tem como objetivo participar ativamente do crescimento do mercado cervejeiro nacional, com ousadia e criatividade.

A Wonderland Brewery tem cerca de 100 pontos de venda físicos no Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. A cervejaria fará seu lançamento em São Paulo em setembro. Além disso, as maravilhas lupuladas são vendidas em e-commerces (como Bro’s Beer, World of Beers, BeerShop) para todo o Brasil. A Wonderland Brewery também participa de feiras e eventos gastronômicos no Rio de Janeiro e em outras cidades.

As cervejas

Todos os rótulos da Wonderland Brewery são inspirados em personagens dos livros Alice no País das Maravilhas e Alice através do espelho:

Curiouser & Curiouser: American Pale Ale com pêssego e damasco. Os aromas de frutas são combinados com os lúpulos cítricos americanos Citra, Centennial e Simcoe. Com amargor médio (50 IBU), teor alcoólico de 6,5% e cor acobreada, esta cerveja tem um equilíbrio de aroma e antegosto frutado, corpo cheio e final de lúpulo. A Curiouser & Curiouser combina ingredientes da cervejaria artesanal de forma fresca e festiva, e é ideal para os que estão se aventurando no fascinante mundo da cerveja artesanal. Por isso, é representada pela curiosa Alice.

Timeless Porter: Porter com lactose e caramelo. Tem teor alcoólico de 6,3% e amargor leve (25 IBU). O aroma e o sabor de caramelo se sobressaem à primeira impressão, e em seguida cedem o destaque à textura macia e cremosa obtida pelo uso da lactose (açúcar não fermentável). Feita com o lúpulo inglês East Kent Goldings, a Timeless Porter é uma cerveja sofisticada como um relógio de bolso, feita para criativos e inovadores. Seu rótulo é estrelado pelo Coelho, que com seu relógio é o mentor de Alice no país das maravilhas.

Gone Mad: American IPA eleita Medalha de Ouro no Mondial de la Bière Rio de Janeiro em 2018. Tem amargor limpo (55 IBU), teor alcoólico de 6,5% e corpo médio. É feita com os lúpulos americanos Chinook, Cascade, Centennial e Simcoe, adicionados tardiamente (dry hooping), o que confere sabores e aromas marcantes. A Gone Mad traz notas cítricas, frutadas e levemente apimentadas no final. A personalidade forte e livre desta cerveja é representada pelo Chapeleiro Maluco.

Mango Grin: Irish Red Ale com manga. Tem coloração vermelha e dulçor característico do estilo, bem equilibrados com a presença dos lúpulos East Kent Golding e Wakatu. Os inesperados aroma e sabor de manga conquistam o paladar e guiam em uma viagem fantástica. É representada pelo enigmático Gato de Cheshire.

Summer Glory: American Wheat Ale com coco e abacaxi. Feita com lúpulos El Dorado, Citra e nobre Hollertau, é uma cerveja leve e refrescante, de amargor leve (16 IBU), teor alcoólico de 5,3% e corpo médio, para espíritos jovens que buscam o verão sem fim. É representada pela sábia, gentil e sofisticada Rainha Branca, que reina no país do eterno verão, o país da fantasia e dos sonhos.

Poacher: Imperial IPA produzida a partir do processo parti-gyle. Feita com lúpulos Amarillo, Simcoe, Centennial e Mosaic, é uma cerveja refrescante e intensa. Tem alto amargor (72 IBU) e teor alcoólico (8,3%), e é ideal para os aventureiros caçadores de lúpulo. Poacher é inspirada no Morsa, que aparece em um poema no livro e, na versão cervejeira da Wonderland Brewery, é um ganancioso pirata que quer todos os lúpulos do mundo para ele.

Sour Dee: sour produzida a partir do segundo mosto do processo parti-gyle. Resultado de um processo prolongado de acidificação, com adição de morango e goiaba. Tem teor alcoólico de 4,8% e amargor leve (8 IBU). A Sour Dee é inspirada em Tweedledee, um dos gêmeos da obra de Carroll.

Sour Dum: sour produzida a partir do segundo mosto do processo parti-gyle. Resultado de um processo prolongado de acidificação, com adição de cacau e cupuaçu. Tem teor alcoólico de 4,8% e amargor leve (8 IBU). A Sour Dee é inspirada em Tweedledum, o segundo gêmeo da obra de Carroll.

Tweedles: sour feita a partir da fusão das cervejas Sour Dee e Sour Dum, também através do segundo mosto do processo parti-gyle. A Tweedles tem 8 IBU e teor alcoólico de 4,8% sendo ideal para um dia calor. Ela é inspirada nos gêmeos Tweedledee e Tweedledum, porque assim como eles, os sabores nesta cerveja se complementam e formam algo incrível.