Praia em Ipanema amanhece bloqueada por muro de lixo

Ação da cerveja Corona com a Parley for the Oceans alerta para a ameaça do plástico para os mares

Ação da cerveja Corona surpreende banhistas com muro instalado na Praia do Diabo (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

Ação da cerveja Corona surpreende banhistas com muro instalado na Praia do Diabo (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

Já imaginou chegar um dia na praia e deparar com um muro de lixo bloqueando a entrada? Foi essa a experiência deste sábado, 16 de março, para quem foi aproveitar a Praia do Diabo, em Ipanema, no Rio de Janeiro. Com 15 metros de comprimento por dois metros de altura, o muro foi construído com lixo plástico retirado da praia de Ipanema e tem como objetivo chamar atenção para o combate ao à poluição marítima provocada pelo plástico nos oceanos. A ação, promovida pela cerveja Corona em parceria com a Parley for the Oceans e produzida pela Agência Haute, conta com a participação de cooperativas locais. A Coopideal foi responsável por fazer a coleta do material e a Coop Quitungo pela limpeza e separação.

A iniciativa conta também com uma limpeza da praia que realizada durante a manhã deste sábado, com participação de Sophia Abrahão, Paulinho Vilhena, Maria Joana, Marcello Melo Jr e muitos banhistas voluntários.

Ao longo de 2019, no Brasil, o projeto promoverá mais de 20 limpezas de praias e diversas campanhas e iniciativas de conscientização e de mobilização para combater o lixo nos oceanos. Em Fernando de Noronha, o CoronaxParley envolveu mais de 100 pessoas e retirou 119 quilos de lixo de uma das praias da Ilha, ajudando a proteger esse paraíso natural do nosso país e a propagar a mensagem do projeto e da importância de abraçarmos essa causa.

Bruna Buás, diretora de marketing de Corona, ressalta:

“O cenário mundial sobre a poluição marítima por lixo plástico é alarmante, e os dados são assustadores, prevendo o fim de todo o ecossistema marinho nos próximos anos. Por isso, como a marca que convida as pessoas a aproveitarem a vida do lado fora, precisamos ajudar a proteger e garantir um futuro melhor para nossos paraísos naturais. Com isso, estamos trazendo um projeto global ao Rio de Janeiro que quer atrair a atenção da comunidade local para o assunto e envolvê-los nesse processo, a fim de mostrar que cada um tem um papel importante em garantir um futuro melhor para o planeta.”

Nesse sábado, 16 de março, quem foi aproveitar a Praia do Diabo, no Arpoador, no Rio de Janeiro, se deparou com uma ação inusitada: um muro construído com lixo reciclável retirado da praia de Ipanema, com mais de 15 metros de comprimento e 2 de altura, que conscientizava a população sobre a importância de se descartar o lixo corretamente, a fim de evitar que esses materiais cheguem aos mares e destrua nossos paraísos.

Além disso, o pessoal teve a oportunidade de participar de um mutirão de limpeza de praia promovido pelo projeto Corona x Parley. Cerca de 150 banhistas-voluntários e celebridades como Sophia Abrahão, Paulinho Vilhena e Marcello Melo Jr participaram da ativação que coletou mais de 142 quilos de lixo da praia em apenas uma hora e meia.

O muro se impôs na paisagem na manhã de sábado, 16 de março (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

O muro se impôs na paisagem na manhã de sábado, 16 de março (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

O muro se impôs na paisagem na manhã de sábado, 16 de março (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

O muro se impôs na paisagem na manhã de sábado, 16 de março (Foto: Raul Aragão/Divulgação)

 

Corona x Parley foi lançado em 2017 e tem recolhido lixo plástico de praias de 15 países. As ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar produtos a partir dos rejeitos plásticos. Para saber mais sobre o projeto, acesse http://coronaextrabrasil.com.br/parley

A iniciativa Corona x Parley faz parte dos compromissos ambientais da Cervejaria Ambev que têm previsão de atingimento até 2025. As metas, definidas pela AB InBev globalmente, são divididas em quatro pilares:

Ações Climáticas - 100% da eletricidade comprada pela companhia deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria irá reduzir 25% das emissões de carbono em toda a sua cadeia de valor.

Gestão de Água - melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse com as quais a companhia se relaciona.

Agricultura Inteligente - 100% dos agricultores parceiros da companhia devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.

Embalagem Circular - 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.