Paulistânia lança cerveja estilo espumante

Em celebração aos 10 anos da marca e em homenagem à Ponte Estaiada, Paulistânia X tem 2 versões

As opções são a Brut Barley Wine (foto) e a Barley Wine (Foto: Divulgação)

As opções são a Brut Barley Wine (foto) e a Barley Wine (Foto: Divulgação)

Para comemorar os 10 anos, a cervejaria Paulistânia decidiu lançar uma edição especial. A Paulistânia X é uma cerveja do estilo Barley Wine, encorpada e maltada e tem a adição de pimenta rosa. Com teor alcoólico de 10%, será vendida em duas versões: Brut Barley Wine e Barley Wine. A primeira é uma Brut pelo método de produção de espumantes conhecido como Charmat, sendo que a segunda fermentação foi feita com levedura de espumante.

A cerveja passa por uma segunda fermentação feita na vinícola com levedura de espumante, ganhando característica frisante e complexidade aromática. De final seco como um bom espumante Brut, ela deixa um leve dulçor do malte na boca. A Brut será vendida em uma embalagem especial de 750ml, em garrafa rolhada. O rótulo é uma homenagem à Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada). O preço sugerido da garrafa de 750ml é de R$ 80, já a garrafa de 500ml tem preço sugerido de R$25.

A Barley Wine não passa pelo processo Charmat, mas é também uma cerveja especial. O rótulo é similar ao da Paulistânia Brut Barley Wine, porém com graduação de tons vermelhos e fundo preto ao invés do dourado da Brut.

Ambas foram produzidas na cervejaria durante um mês de processo. Após essa etapa, uma parte da cerveja foi transportada para a vinícola Góes para a segunda fermentação, que levou aproximadamente dois meses, resultando num total de três meses de processo que originou a Paulistânia Brut Barley Wine.

O empresário Marcelo Stein, diretor da Bier & Wein, importadora que criou a Paulistânia, explica:

“Como é uma cerveja em homenagem aos dez anos da Paulistânia, e o número 10 em algarismo romano é 'X' e seu formato remete à Ponte Estaiada, decidimos escolher esse ponto por ser um dos mais famosos cartões postais da cidade, além da ponte ter também, dez anos de existência. Além disso, a ponte representa uma junção do moderno e sofisticado, e, nossa Paulistânia X representa essas duas características.”

Em 2009, Stein já tinha conseguido popularizar no Brasil marcas internacionais de cervejas importantes como a Erdinger e a Warsteiner, graças ao trabalho desenvolvido pela importadora Bier & Wein, fundada em 1993. Ele é um dos responsáveis por inaugurar no Brasil o segmento Weissbier. Por conta de sua experiência e conhecimento do mercado cervejeiro, Stein sonhava em conectar sua expertise em rótulos internacionais com uma marca própria de cerveja no país, uma bebida que viesse para surpreender o paladar do consumidor e, ao mesmo tempo, que traduzisse e contasse a história de São Paulo, através de seus rótulos. Algo como “beber história”. Foi assim que surgiu a Paulistânia, uma cerveja artesanal em que cada rótulo traz o nome de um ponto histórico e importante da cidade, como Pátio do Colégio e Viaduto do Chá.

A Paulistânia nasceu com a intenção de homenagear São Paulo, escolhida por sua diversidade cultural, seu caráter acolhedor e por ser um símbolo para o país conhecido pela enriquecedora mistura de raças. Nessa década muitas coisas aconteceram. Vários pontos históricos foram homenageados nos rótulos, a Paulistânia fez uma parceria com o Eataly e instalou uma micro cervejaria dentro do mega empório, prêmios foram conquistados como World Beer Awards e South Beer Cup, inúmeros eventos foram realizados, atraindo a atenção de pessoas que nem sequer conheciam as cervejas artesanais e tantas outras conquistas.