Cervejaria Invicta inaugura loja em São Paulo

Unidade na capital paulista faz parte da expansão da empresa, em processo de mudança para S/A

Loja fica na Rua Aimberê, 236, no bairro Perdizes (Foto: Divulgação)

Loja fica na Rua Aimberê, 236, no bairro Perdizes (Foto: Divulgação)

A Cervejaria Invicta completou oito anos de história com a implantação de um projeto de ampliação da marca, nascida em Ribeirão Preto (SP). Além de aumentar a capacidade da fábrica de 70 mil para 150 mil litros e mudar a natureza jurídica para S/A, permitindo aos fãs serem donos da marca, a empresa inaugura no dia 7 de setembro uma loja própria na capital paulista (Rua Aimberê, 236, no bairro Perdizes).

Rodrigo Silveira, diretor e mestre-cervejeiro da Invicta, comenta:

“Esse já era um pedido antigo dos nossos clientes. Acreditamos que a abertura de um novo ponto irá facilitar a distribuição de chopes nos bares da cidade e da região.”

A loja contará com disque chope para pessoa física e jurídica, comercialização de insumos para homebrew e centro de distribuição de cervejas para a Região Metropolitana. Também terá taproom com dez torneiras para quem quiser degustar a bebida no local e encher growler ou PET e até venda de cervejas e souvenirs.

De acordo com Rodrigo, o espaço tem o mesmo estilo do novo bar de Ribeirão Preto e proporcionará uma experiência cervejeira completa:

“O local foi planejado pelo escritório Nelson Neves e Arquitetos Associados e está ficando com a identidade Invicta que tanto prezamos.”

A Cervejaria inaugurará mais quatro lojas próprias em cidades que ainda estão sendo estudadas.

Em expansão, a Cervejaria Invicta deixará de ser uma Empresa de Responsabilidade Limitada (LTDA) para ser uma Sociedade Anônima com o objetivo de fazer com que os consumidores da marca e apaixonados por cerveja possam ser sócios do negócio.

“Não é uma ação de marketing para colocar nome no tanque e oferecer brindes. É uma mudança para que todos sejam donos da Cervejaria Invicta. Quem comprar uma quota terá benefícios de sócio por fazer parte do negócio”, diz Rodrigo.

Conforme ele, os clientes receberão sua porcentagem dos dividendos, quando houverem e o investimento será totalmente revertido para melhorias e novas ampliações.

O processo é regulamentado pela Comissão de Valores Monetários (CVM), através de uma plataforma de crownfuding, com cotas a partir de R$ 500.

“É uma nova fase da Cervejaria onde milhares de pessoas terão a oportunidade de serem donas e defensoras da marca. Chegou o momento, porque estamos consolidados no mercado”, afirma.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo e-mail socio@cervejariainvicta.com.br.