A cerveja de trigo da Ashby que brilhou na Copa

Cervejaria conquista o prêmio principal na categoria German Wheat Beer no Chile

A Ashby Weiss é inspirada nas tradicionais cervejarias da região da Baviera, sul da Alemanha (Foto: Divulgação)

A Ashby Weiss é inspirada nas tradicionais cervejarias da região da Baviera, sul da Alemanha (Foto: Divulgação)

Na premiação da 7ª Copa Cervezas de América, em Santiago (Chile), o Brasil foi o país que mais conquistou medalhas, somando 67, entre ouros, pratas e bronzes. Uma das cervejarias brasileiras destacadas no pódio é a Ashby, vencedora entre todas as cervejas de trigo da escola alemã (German Wheat Beer) com sua Ashby Weiss.

A Ashby Weiss é inspirada nas tradicionais cervejarias da região da Baviera, sul da Alemanha. Com coloração opaca, fruto da não filtragem, apresenta espuma cremosa e duradoura. A cerveja tem teor alcóolico de 6,7% e harmoniza com frutos do mar, sushis, peixes e frutos do mar.

Scott Ashby, fundador da marca, explica:

“Ao contrário do que algumas cervejarias fazem, nós não produzimos rótulos especificamente para participar do concurso, as cervejas que concorrem são bebidas que já fazem parte do nosso portfólio, ou seja, o consumidor possui um produto de qualidade à sua disposição.”

Foi no ano de 1993 que Scott Ashby, americano que chegou ao Brasil em 1992, decidiu montar, na cidade Amparo (SP), "a primeira microcervejaria do Brasil", a fim de trazer ao país o conceito de cervejas especiais dos EUA. Scott, doutor em Física, apaixonado por cervejas, ingressou no curso de Mestre Cervejeiro na Universidade da Califórnia no ano de 1990 e, logo em seguida começou a trabalhar na cervejaria americana Wasatch, onde permaneceu por dois anos. Antes disso, Scott já era homebrewer e produzia cervejas para seus amigos, que rapidamente consumiam toda a produção caseira.