Slow Low Brew Brasil confirma De Molen, Brewdog, Founders e Omnipollo

Pela primeira vez em São Paulo, festival já está com ingressos no penúltimo lote

A holandesa De Molen é uma das atrações estrangeiras do festival na capital paulista (Foto: Divulgação)

A holandesa De Molen é uma das atrações estrangeiras do festival na capital paulista (Foto: Divulgação)

O Slow Brew Brasil chega pela primeira vez à capital paulista no dia 18 de novembro no Espaço Pro Magno. Com a maior parte dos ingressos vendidos, o festival disponibilizou o penúltimo lote e confirmou mais quatro grandes nomes internacionais bastante esperados pelo público. De Molen, considerada a melhor cervejaria da Holanda, chega pela segunda vez ao festival. Brewdog (Escócia), pela primeira vez no Slow Brew, as criações punks dos escoceses devem causar tumulto nos corredores. Founders Brewing (Estados Unidos), assim como no ano passado, os norte-americanos prometem muita qualidade nos chopes. Omnipollo (Suécia), fenômeno em toda Europa e Estados Unidos, os suecos devem ser uma das grandes surpresas do festival. (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art)

Kátia Pereira, curadora e organizadora do evento, destaca:

“A importância de termos a presença de cervejarias internacionais como a De Molen, Brewdog, Founders e Omnipollo se dá principalmente para tornarmos cada vez mais o Slow Brew o local onde iniciantes e veteranos têm a oportunidade de apreciar cervejas diferenciadas e veneradas em todo mundo. É trazer um pouco do que rola lá fora para o nosso universo."

Além da cervejarias internacionais confirmadas, as cervejarias nacionais também já engrossam a lista de qualidade do evento, veja abaixo quem já confirmou até o momento:

Dogma (SP), Tupiniquim (RS), Bodebrown (PR), 3 Cariocas (RJ), Zapata Cervejaria Rural (RS), Morada Cia Etílica (PR), Urbana (SP), Avós (SP), Invicta (SP), Júpiter (SP), Landel (SP), Zalaz (MG), Everbrew (SP), SP-330 (SP), Juan Caloto (SP), Daoravida (SP), Quatro Graus (RJ), Rockbird (RJ), Dádiva (SP), Ópera (SP), Blondine (SP), Carranca Cervejaria (SP), Pratinha (SP), Overhop (RJ), Suméria (SP), Tábuas (SP), Trilha (SP), Satélite (SP), Fürst (MG), Backer (MG), Vintage Craft Beer (RS), Avenida42 (SP), Micro X (DF) e Mea Culpa (SP).

Kátia acrescenta:

“O festival também tem foco no mercado nacional e procura trazer cervejarias consagradas como Bodebrown, Dogma, Tupiniquim e também cervejarias que embora sejam novas de estrada, têm feito um trabalho com alma e perfeição, como é o caso da Trilha, por exemplo. Fato é que a curadoria que fazemos está muito relacionada ao que o público nos pede e também de termos a sutileza para identificar tendências e acompanhar o mercado.”

A lista de cervejarias ainda não está completa e, segundo a organização, "mais nomes serão anunciados em breve".


Serviço

  • O quê: Slow Brew Brasil 2017 – São Paulo
  • Quando: 18 de novembro (sábado), 11h30min Beer Parade (Desfile das cervejarias participantes dando início a cerimônia de abertura oficial do festival), 12h abertura dos portões, 20h término
  • Onde: Centro de Eventos Pro Magno (a 300m da marginal Tiete, sentido Casa Verde) / Rua Samaritá, 230 - Casa Verde - São Paulo/SP
  • Quanto: penúltimo lote a 5x R$ 48,60 no cartão de crédito ou R$ 198,70 no boleto
  • Como: a compra dos ingressos (penúltimo lote) ocorre neste link