O desafio de se diferenciar no mercado de cervejas artesanais

Com a multiplicação de microcervejarias no Brasil, a concepção do design de rótulos de cervejas ficou mais exigente

Rótulo desenvolvido pela Agência Alvo, de Bento Ferreira (Foto: Divulgacão)

Rótulo desenvolvido pela Agência Alvo, de Bento Ferreira (Foto: Divulgacão)

BENTO FERREIRA

Você não precisa mergulhar no projeto de seus rótulos de cerveja sozinho, para isso existem agências como a Alvo, que concebi com o foco em criação de design para cerveja artesanal, mas é útil você compreender um pouco esse universo, suas necessidades e desafios. Aqui no blog temos abordado diferentes aspectos do desenvolvimento de rótulos de cerveja. E até publicamos um e-book gratuito, que orienta como criar um rótulo dentro da lei.

Hoje vamos falar sobre o crescimento das cervejas artesanais no Brasil e o quanto um rótulo pode fazer você diferenciar no mercado. Vemos cada vez mais cervejas artesanais nas prateleiras, seja em lojas especializadas, seja em supermercados. Isso mostra que a indústria cervejeira está crescendo aqui no Brasil cada vez mais. Para aqueles que estão neste meio de produção, encontrar uma maneira de se destacar pode ser intimidador. Têm que chamar atenção de seu público tanto pelo rótulo, quanto pelo conteúdo. O rótulo pode ser identificado como a alma da cerveja. Nele temos uma ideia de qual o objetivo do produtor e qual público ele pretende atrair para aquilo que produz. Deve-se pensar em todos os detalhes do rótulo, levando em consideração que ele deve ser esclarecedor e chamativo, diferente dos demais, para que não caia em um padrão e simplesmente desapareça diante da multidão. O mercado da cerveja tem todos os tipos e tamanhos de cervejeiros, não se pode criar algo comum. Você tem que se destacar. Os bebedores de cerveja têm atenção total para tudo aquilo que se destaca em um rótulo, não tendo foco principal em preço, e sim no conteúdo. O rótulo da cerveja é a parte mais importante, o lado externo da cerveja faz com que o consumidor fique curioso e queira experimentar. Deve-se, então, ter como objetivo chamar atenção e despertar a curiosidade de todos aqueles que fazem parte do mundo cervejeiro, mostrando que o conteúdo é tão interessante como a embalagem. Existem consumidores de cervejas artesanais que podem ter uma noção mais profunda sobre as cervejas, conhecendo os ingredientes básicos e os processos os quais fazem com que a cerveja chegue ao estado que se encontra. Isso deve ser utilizado a seu favor. Ao planejar um rótulo de cerveja, você já tem que pensar nas cores que irá utilizar, palavras-chave, desenhos divertidos e textos de fácil leitura, isso faz com que o rótulo fique limpo e chamativo aos olhos dos consumidores. Tenha em consideração o estilo e o tipo de cerveja que você está criando. Além disso, seu rótulo deve deixar claro qual é o tipo de cerveja na garrafa - IPA, Porter, Stout, Amber? Crie um nome cativante e fácil de lembrar, e se certifique de que seu rótulo inclua o nome, o estilo e o tipo de cerveja, se não for óbvio no próprio nome. Sua linha de cerveja artesanal deve ser coesa.

Se você estiver criando rótulos para mais de uma cerveja, você vai querer certificar-se de que os rótulos são diferentes para cada estilo de cerveja.

Olhe para os rótulos de cervejarias como Invicta e Tupiniquim para obter exemplos de diferentes rótulos de cerveja que pertencem claramente à mesma cervejaria. Imagens, cores e fontes semelhantes são exemplos de elementos que ajudarão sua marca a permanecer consistente e ser reconhecida no mercado.

Siga-me nas redes sociais Bento Ferreira @bentocla (Facebook - Instagram) e conheça um pouco mais do nosso trabalho neste link.