O poder do rótulo de cerveja

Principalmente para as pequenas cervejarias, um design criativo e competente faz muita diferença, mas é um desafio

 Para uma cervejaria, destacar na prateleira a sua linha é um desafio complicado

Para uma cervejaria, destacar na prateleira a sua linha é um desafio complicado

O produto constitui um dos elementos clássicos do composto mercadológico, e sua característica mais fundamental é seu aspecto externo, sua forma exterior ou seu design. O rótulo participa deste importante aspecto da cerveja, pois é o principal responsável pela comunicação do produto.

Em frente a uma gôndola de supermercado o consumidor se vê obrigado a escolher entre diferentes marcas de cerveja sobre os quais muitas vezes tem pouca ou nenhuma informação. É neste momento que entra um profissional qualificado para que possa fazer este intermédio entre a cervejaria e o consumidor. Lembre-se o consumidor busca, então, dicas “cues” nos rótulos de cerveja ou qualquer outra fonte presente no momento, para auxiliar em seu processo de decisão.

Pode ser um ingrediente novo, uma técnica nova, uma garrafa diferenciada, uma tampa diferente, um rótulo em 3D, eu sempre falo em minhas palestras que o rótulo é, então responsável pela última possibilidade de venda da cerveja, transmitindo ao consumidor informações sobre a cerveja.

Vou deixar aqui três dicas que acho fundamental ao criar o seu rótulo de cerveja: visual, funcional e composição do recipiente. O mais importante é o visual, os elementos visuais (formato, cor e tipografia) são escolhidos e combinados, resultando na criação de um “estilo” na embalagem, um design unificado. O formato está diretamente ligado ao aspecto funcional da embalagem. Uma embalagem muito grande ou de formato desconfortável pode, além de ser um transtorno ao consumidor, gerar, inclusive, preferência por uma marca concorrente.

Antes de sair criando qualquer rótulo, pense bem na temática que irá utilizar, qual o tipo de garrafa que será usado, qual é o público que quero atingir. Tudo isso é muito relevante para criação de um bom rótulo de cerveja.

No nosso mercado grande parte das cervejarias não tem dinheiro para investir numa comunicação eficaz no ponto de venda ou em veículos de comunicação especializados. Por isso o rótulo fará este papel na gôndola. Conforme o Portal de Marketing, 70% das decisões de compra feitas no próprio ponto de venda, sendo 50% realizadas por impulso do consumidor.

Um bom rótulo pode ser decisivo nesta hora. Em caso de dúvidas sobre as normas de criação de rótulos, entre em contato conosco. Siga-me nas redes sociais Bento Ferreira @bentocla (Facebook - Instagram) e conheça um pouco mais do nosso trabalho neste link.

 Bento Ferreira, da Agência Alvo e colunista do blog de Design da Beer Art (Foto: Divulgação)

Bento Ferreira, da Agência Alvo e colunista do blog de Design da Beer Art (Foto: Divulgação)