Cerveja

Tupiniquim lança colaborativa com a Botto Bier

Foram produzidos 2 mil litros da Doppelbock com receita de Leonardo Botto

O lançamento será na quinta, 4 de junho, no Bier Markt Vom Fass, em Porto Alegre/RS (Foto: Divulgação) 

O lançamento será na quinta, 4 de junho, no Bier Markt Vom Fass, em Porto Alegre/RS (Foto: Divulgação) 

Thor é o nome da nova cerveja da Tupiniquim, de Porto Alegre (RS). Trata-se de uma colaborativa com a Botto Bier (a receita é de Leonardo Botto), do Rio de Janeiro (RJ). É uma doppelbock com 9,5% de teor alcoólico e coloração avermelhada. Bastante maltada, apresenta notas de caramelo e toffee no aroma e no sabor. O lançamento oficial será na quinta-feira (4/6), às 18h, no Bier Markt Vom Fass (Rua Barão de Santo Angelo, 497 - Moinhos de Vento), na capital gaúcha.

Foram produzidos 2000 litros da Thor. Com edição limitada a bebida será distribuída em petainer de 30 litros e garrafas de 310ml para todo o Brasil.

Série Comemorativa do X Encontro Nacional Das Acervas

Por ocasião do X Encontro Nacional Das Acervas (de 4 a 6 de junho, em Porto Alegre), a Tupiniquim também promove uma série de brassagens colaborativas. São três cervejas diferentes, com três personalidades do mundo cervejeiro. A primeira ocorre durante o Encontro na sexta-feira (5/6) e retoma a parceria com o Leonardo Botto para a produção de uma Bohemian Pilsner. Botto é referência na produção de cerveja artesanal no Brasil e ganhador do 1° concurso Mestre-Cervejeiro Eisenbah.

As brassagens são abertas para todos os participantes do Encontro Nacional das Acervas (Foto: Divulgação)

As brassagens são abertas para todos os participantes do Encontro Nacional das Acervas (Foto: Divulgação)

Na segunda, 7 de junho, a Tupiniquim recebe o homebrewer da região de São Francisco e juiz BJCP, Nathan Smith, para a produção colaborativa de uma North Oakland Double IPA.

A última brassagem da série, na terça-feira, 8 de junho, será de uma Saison maturada em nibs de cacau/ favas de baunilha/ cereja, produzida com um dos pioneiros da revolução cervejeira nos EUA, Pete Slosberg.