O sabor da renovação da cerveja alemã

Conectada ao movimento de renovação da cultura cervejeira alemã, a importadora Marcomannae, com menos de um ano de atividade, apresentou nesta segunda-feira, 9, uma de suas apostas para conquistar paladares sofisticados. Trata-se da linha Braufactum, desenvolvida em harmonia com a alta cozinha. Degustação na MaltStore, detentora da exclusividade do produto na capital gaúcha, incluiu seis estilos, combinados com pratos do chef Marcelo Gonçalves.

> BAIXAR A REVISTAiPad/iPhone ou Android

As garrafas da Braufactum (www.braufactum.de) levam em seus rótulos a assinatura do mestre cervejeiro, algumas delas pelo proprietário, Marc Rauschmann, definido pelo beer sommelier Herbert Schumacher (dono da Cervejaria Abadessa) como protagonista da corrente de experimentação que vem se contrapondo à ortodoxia germânica. Inovações como essa ‒ não só na Alemanha, mas também na Suíça e na Áustria ‒ são o foco da Marcomannae, do empresário Ademir Dalla Valle e das beer sommeliers Lisiê e Liliane Castoldi. Entre as degustadas na noite desta segunda-feira, chama a atenção uma IPA de trigo, a Indra. Confira abaixo as características (coloque o cursor sobre a foto):

Progusta ‒ Estilo: IPA, 6,8% de teor alcoólico (Foto: Altair Nobre)

Progusta ‒ Estilo: IPA, 6,8% de teor alcoólico (Foto: Altair Nobre)

Colonia ‒ Bitter Ale, 5,5% (Foto: Altair Nobre)

Colonia ‒ Bitter Ale, 5,5% (Foto: Altair Nobre)

Indra ‒ Weizenbier IPA, 6,8% (Foto: Altair Nobre)

Indra ‒ Weizenbier IPA, 6,8% (Foto: Altair Nobre)

Marzus ‒ Lager (Märzen), 5,5% (Foto: Altair Nobre)

Marzus ‒ Lager (Märzen), 5,5% (Foto: Altair Nobre)

Darkon ‒ Lager escura (Schwarzbier), 5,4% (Foto: Altair Nobre)

Darkon ‒ Lager escura (Schwarzbier), 5,4% (Foto: Altair Nobre)

Roog ‒ Ale escura (Rauchweizen), 6,6% (Foto: Altair Nobre)

Roog ‒ Ale escura (Rauchweizen), 6,6% (Foto: Altair Nobre)