Cerveja, Destaque

Bares e cervejarias de Florianópolis lançam movimento Eu Bebo Cerveja Local

Movimento começou a sair do papel com a compra coletiva de 2,5 mil growlers, garrafas retornáveis com fechamento hermético utilizadas para que o consumidor leve o chope para casa (Foto: Divulgação)

Movimento começou a sair do papel com a compra coletiva de 2,5 mil growlers, garrafas retornáveis com fechamento hermético utilizadas para que o consumidor leve o chope para casa (Foto: Divulgação)

Por meio de garrafas retornáveis, consumidores provam chopes em pontos indicados por app

Ao observar a crescente adoção de growlers, um grupo de bares e cervejarias de Florianópolis (SC) decidiu criar um movimento que estimule as pessoas que gostam de cerveja a provarem as produzidas na região. Chamada de Eu Bebo Cerveja Local, a iniciativa tem uma dinâmica simples: em 13 bares e cervejarias, é possível adquirir uma garrafa de 1 litro por R$ 10,00. Em seguida, é só baixar um aplicativo disponível para iOS e Android e conferir os pontos de recarga mais próximos, com horários de funcionamento, chopes disponíveis e valores.

 
 

De acordo com um dos idealizadores, Idney José da Silva Jr. (conhecido como Nuno), o movimento começou a sair do papel com a compra coletiva de 2,5 mil growlers (garrafas retornáveis com fechamento hermético utilizadas para que o consumidor leve o chope para casa). Eles chegaram há cerca de um mês e um novo pedido já foi feito.

"O resultado está muito acima do que esperávamos. Mas vamos mais longe: queremos inundar a região com marcas locais e oferecer uma alternativa barata para que o consumidor possa valorizar o que é produzido aqui", diz.

Outro benefício é que ele consome a cerveja na pressão, sem o processo de pasteurização.

"É uma bebida considerada mais fresca e que dura até sete dias na geladeira", complementa Nuno.

A Associação das Micro Cervejarias da Santa Catarina (Acasc) já se posicionou favorável ao movimento.

"A iniciativa foi apresentada na nossa última reunião e gerou outras várias ideias para os associados presentes. Vamos estudar possibilidades de levar o Eu Bebo Cerveja Local para todas as regiões do estado", confirma o presidente da entidade, Carlo Lapolli.

Participam atualmente do Eu Bebo Cerveja Local os bares Liffey Brewpub, Books & Beers, Coza Bar, DesteHop Chopp, Bar Ilustríssimo e O Viking. As marcas integrantes são: Cervejaria da Lagoa, Cervejaria Vodu, Cervejaria Coza Linda, Cervejaria Kairós, Cerveja Sambaqui, Klaus Bier, Cervejaria Armada, Cervejaria Unika e Liffey.

Fundada há dois anos para representar as cervejarias artesanais catarinenses, a Acasc é uma entidade privada sem fins lucrativos que reúne produtores de cerveja e fornecedores do negócio. São cerca de 30 associadas de diferentes cidades do estado. Outra luta da associação é a redução da carga tributária, em especial o ICMS. No entendimento da entidade, ele deve ser equiparado ao vinho artesanal que atualmente já possui um tratamento diferenciado em Santa Catarina.