Escola Superior de Cerveja e Malte chega ao Paraguai

Instituição com sede em Blumenau já tem atividades em quatro países

 As duas primeiras formações no país vizinho serão em Sommelier de Cervezas ESCM/Doemens e Diplomado em Cerveceria (Foto: Divulgação)

As duas primeiras formações no país vizinho serão em Sommelier de Cervezas ESCM/Doemens e Diplomado em Cerveceria (Foto: Divulgação)

Com sedes próprias no Brasil e no Uruguai e cursos em realização na Argentina, a Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM) chega à quarta nação. A instituição assinou em 27 de junho uma parceria com a Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Nacional de Assunção, no Paraguai. Por meio dela, fica acordada a cooperação acadêmica, científica e tecnológica entre as entidades para realização de pesquisas e cursos.

Para Carlo Bressiani, diretor da instituição, a expansão pela América Latina é reflexo do momento em que as cervejas artesanais estão conquistado espaço e os envolvidos com o mercado buscando profissionalização:

“Nos nossos cursos concentrados, que acontecem duas vezes ao ano, temos muita procura destes locais. Isso mostra o quanto o segmento pela bebida está ganhando força no mundo todo. E, com a expertise de quatro anos no Brasil, estamos contribuindo para acelerar o movimento de capacitação também no Uruguai, Argentina e, agora, no Paraguai.”

No Paraguai, as duas primeiras formações serão em Sommelier de Cervezas ESCM/Doemens e Diplomado em Cerveceria. Nas próximas semanas já serão liberadas informações sobre datas, horários e inscrições. Além das sedes em Blumenau (SC) e Montevidéu (no Uruguai), a ESCM promove cursos também na Argentina neste ano.