Rota da Cerveja

Heater Allen: “Produzindo Lagers alemãs onde as IPAs são reis”

Cervejaria em McMinnville, no Oregon, privilegia as Lagers de origem alemã (Foto: Divulgação)

Cervejaria em McMinnville, no Oregon, privilegia as Lagers de origem alemã (Foto: Divulgação)

Foco em Lagers impõe como desafio o maior tempo de produção das cervejas de baixa fermentação

ROBERTO FONSECA

A visão de nicho de mercado motivou a Heater Allen, criada em 2007 em McMinnville, no Oregon, a privilegiar as Lagers de origem alemã. “Todos os produtores artesanais querem focar em Ales. Ninguém fazia Lagers quando abrimos e as importadas chegavam em más condições. Tratava-se de um segmento que não era devidamente apreciado”, diz Lisa Allen, cervejeira e filha dos fundadores. A empresa chegou a usar, extraoficialmente, o slogan “produzindo Lagers alemãs onde as IPAs são reis”. Ela também aponta a necessidade de informar consumidores para evitar preconceitos contra receitas de baixa fermentação. “Produzimos uma Dunkel, e muita gente que nos visita diz que não sabia que uma Lager poderia ser escura.”

 
 

A cobrança por cervejas mais lupuladas não levou à criação de India Pale Lagers. “Definitivamente nos sentimos pressionados a fazer uma IPA. Muita gente vem aqui e quer tomá-la, mas somos teimosos. Acho que algumas pessoas se irritam”, diverte-se Lisa. “Mas temos, por exemplo, uma Amber Lager que, pela lupulagem, está mais próxima de uma American Pale Ale que de uma Vienna.”

O foco em Lagers, porém, também cria grandes problemas quando se trata de fabricação e crescimento, segundo Hendler, devido ao maior tempo de produção das cervejas de baixa fermentação. "Temos de investir o dobro em quase todas as áreas da cervejaria, tanques, resfriamento, e isso gera um grande problema de dinheiro. Talvez não seja a decisão mais esperta quanto se trata de negócios e de colocar a cerveja na praça", contou. "Tentamos manter estoque de duas semanas de todas as cervejas, mas muitas levam meses para serem feitas e criam problemas enormes de logística."

Lisa afirma que as condições de produção impostas pelas Lagers fazem com que a cervejaria tenha de planejar com muita antecedência o que vai brassar em cada dia. “Temos amigos cervejeiros que criam Ales e não sabem o que vão produzir daqui a três dias”, diz.