Festas

A inspiração do traje das Soberanas da Oktoberfest de Igrejinha

Rainha e princesas estrearam vestido na escolha do Bubchen e Mädchen 2017

Princesa Vanessa Cardozo, rainha Stephanie Silva e princesa Dominique da Silva (Foto: Juliano Arnold/Divulgação)

Princesa Vanessa Cardozo, rainha Stephanie Silva e princesa Dominique da Silva (Foto: Juliano Arnold/Divulgação)

Uma homenagem aos 30 anos de história, cultura, solidariedade e alegria, escrita pelas mãos de voluntários, é a inspiração da Rewil Confecções, pelo terceiro ano seguido responsável por criar e confeccionar os trajes da rainha e das princesas da Oktoberfest de Igrejinha. A partir da apresentação das vestes, durante a escolha do casal infantil da corte – o Bubchen e a Mädchen –, elas passam a ser usadas pelo trio de soberanas nas festas e divulgações da 30ª Oktoberfest de Igrejinha. (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art)

O trabalho de criação do traje passeio foi iniciado em 1º de maio – apenas dois dias após Stephanie Silva, Dominique da Silva e Vanessa Cardozo de Lima terem sido escolhidas, respectivamente, como rainha e princesas, da 30ª edição da festa. O tema da festa deste ano “Tradição em celebrar a alegria” foi o ponto de partida para o desenvolvimento do trabalho.

Ani Linden, esposa do presidente da 30ª Oktoberfest, Márcio Linden, e responsável pela pesquisa de inspiração e adequação dos trajes às tradições da festa, destaca:

“Os trajes primam pela nobreza do voluntariado, pela simplicidade da cultura e pela tradição dos bailes de Kerb. As soberanas vestirão a história de uma festa tipicamente alemã e de uma comunidade unida, solidária e alegre.”

A influência veio de duas grandes vertentes: de um lado, a majestade dos primeiros trajes da Oktoberfest de Munique e, de outro, as tradições dos imigrantes camponeses do século 19, cujas famílias, anualmente, firmavam o compromisso de se reencontrar para celebrar a amizade, a união e a cultura, mantendo vivos os laços e as tradições. Como parte dos preparativos, as mulheres costuravam e bordavam novas vestimentas.

Prevalece o tom vermelho que, com os bordados e as flores, são inspirados nos jardins e no colorido da primavera, que anuncia a chegada da Oktoberfest em Igrejinha. Os detalhes entrelaçados representam a união das famílias e as pérolas, aplicadas manualmente, falam da nobreza e da força do trabalho voluntário, transmitindo a mais pura essência do seu povo.

A Oktoberfest de Igrejinha

Desde 1988 a comunidade de Igrejinha, cidade localizada a 90 quilômetros da capital Porto Alegre realiza sua Oktoberfest. Três mil voluntários, da cidade e região, trabalham para celebrar a cultura germânica através de shows musicais, gastronomia tradicional, produtos coloniais, chope, jogos germânicos, mostras culturais, desfiles e bandinhas típicas. Em 2017 a festa, que chega a sua 30ª edição, acontece de 20 a 29 de outubro, no Parque de Eventos Almiro Grings.