60% das microcervejarias vão aderir ao Simples, prevê Abracerva

Projeção é de que os impostos para cervejarias caiam até 32% com o regime diferenciado

Cervejeiros reunidos em Brasília para a sanção da lei que incluiu as cervejarias artesanais no Simples (Foto: Divulgação)

Cervejeiros reunidos em Brasília para a sanção da lei que incluiu as cervejarias artesanais no Simples (Foto: Divulgação)

Ao comemorar a sanção da Lei do Simples, que inclui novos segmentos na faixa com menor incidência de impostos, a Associação Brasileira da Cerveja Artesanal (Abracerva) faz uma projeção do impacto do benefício. A sanção, assinada pelo presidente Michel Temer em 27 de outubro, reduz em até 32% a carga tributária de cervejarias artesanais que faturarem em 2017 até R$ 4,8 milhões. Hoje, a tributação se aproxima de 60% do faturamento total das empresas.

A medida passa a valer em janeiro de 2018 e, de acordo com o presidente da Abracerva, Rodrigo Silveira (da cervejaria Invicta), 60% das 426 microcervejarias nacionais devem migrar para a nova faixa.

"É um passo importantíssimo para o reconhecimento de um setor que era pouco viável economicamente e que só cresceu porque tem empresários determinados a mudar a cultura cervejeira no país", diz o executivo.

Foram cerca de cinco anos de articulação por parte da Abracerva e de empresários do segmento. Além da tributação sob o faturamento, haverá redução também nos impostos sobre a folha de pagamento.

"A sanção é celebrada porque acreditamos que o mercado vai crescer. Mais cervejarias vão surgir, se formalizar e a cadeia produtiva vai se movimentar. Podemos e vamos ser cada vez mais representativos no cenário nacional", finaliza o presidente da Abracerva. Hoje, o mercado das artesanais representa 1% da produção total de cerveja no Brasil.

A Abracerva

A Associação Brasileira da Cerveja Artesanal (Abracerva) foi fundada em outubro de 2013 para reunir e defender os interesses das cervejarias e da cadeia envolvida com o setor no país. Desde então, iniciou a articulação para a entrada das microcervejarias no Simples e prevê mais ações nos próximos meses.