Cerveja

Cervejaria pernambucana Capunga celebra aniversário com IPA e Black IPA

Cumade Florzinha e versão em garrafa da Cabulosa são novidades da marca recifense

A Cumade Florzinha, uma IPA com 60 de IBU e 6% de ABV, é a novidade comemorativa da marca e chega ao mercado em garrafas de 330 mL produzidas pela Owens Illinois (Foto: Divulgação)

A Cumade Florzinha, uma IPA com 60 de IBU e 6% de ABV, é a novidade comemorativa da marca e chega ao mercado em garrafas de 330 mL produzidas pela Owens Illinois (Foto: Divulgação)

A cervejaria pernambucana Capunga Craft Beer preparou dois lançamentos para este mês de junho, em que completa aniversário de um ano. A Cumade Florzinha, uma IPA com 60 de IBU e 6% de ABV, é a novidade comemorativa da marca e chega ao mercado em garrafas de 330 mL produzidas pela Owens Illinois, a maior fabricante de embalagens de vidro do mundo.

Victor Lamenha, um dos fundadores da Capunga, destaca:

“Elaboramos a bebida com muito carinho e personalidade para que o consumidor tenha uma experiência nova e especial.”

Além da versão de aniversário, a Capunga lança em garrafa a Cabulosa Black IPA, uma cerveja preta com UBU 66 e 6,5% de teor alcoóico, feita em parceria com a cervejaria Frieda Haus. O novo rótulo foi inicialmente apresentado em abril, na versão chope, em 3 dos principais pontos de venda.

“A aceitação foi um sucesso. Em alguns lugares o chope da Cabulosa Black IPA acabou em apenas 2 horas, por isso decidimos relançar a bebida, desta vez em garrafa”, conta Victor.

Além das novas cervejas, a Capunga conta com as opções American Larger e American Pale Ale.

A empresa nasceu em Recife e traz a cultura da cervejaria artesanal no DNA. Capunga é o nome da região onde os fundadores da marca cresceram, mas também onde foi instalada a primeira cervejaria das Américas, a La Fontaine, criada pelo conde Maurício de Nassau.

Em atuação no mercado pernambucano desde maio de 2015, a cervejaria pretende expandir para outras cidades.

“Estamos concentrados em Recife e Região Metropolitana, mas também temos atuação na Paraíba. A intenção é ampliar os negócios”, explica Victor, que também menciona os próximos lançamentos. “Em julho teremos a Imperial IPA e em agosto um rótulo Stout”, diz.

Atualmente, a produção gira em torno de 3 mil a 8 mil litros de cerveja por mês e a previsão é chegar aos 10 mil litros até dezembro, com a chegada de um novo tanque.

O início da produção da Capunga foi marcada pela oferta de rótulos envasados em garrafas retornáveis de 635 mL, mas após uma troca de ideias com a fabricante de vidros Owens Illinois, a cervejaria decidiu apostar também em embalagens menores para atender uma demanda crescente em Pernambuco.

Hoje, a O-I é responsável por 100% da produção de garrafas da cervejaria.

Daniel Amaral, gerente de marketing e inovação da O-I, comenta:

“A busca por cervejas artesanais tem aumentado no nordeste brasileiro e uma das características deste mercado é a oferta de rótulos em embalagens menores, o que diferencia o produto das cervejas industriais. As garrafas de vidro são excelentes para preservar o sabor e a qualidade da bebida, além de serem muito elegantes.”
unho de 2015.