A nova artesanal carioca, a Trópica

Cervejaria chega com dois rótulos, "sem medo de fazer combinações"

As duas primeiras criações, numeradas e batizadas com nomes de lugares, combinam Bond Ale e Witbier e Session IPA e erva-mate (Foto: Divulgação)

As duas primeiras criações, numeradas e batizadas com nomes de lugares, combinam Bond Ale e Witbier e Session IPA e erva-mate (Foto: Divulgação)

Com uma proposta de experiências sensoriais marcantes entre paladares, aromas e cores, a cervejaria carioca Trópica chega ao mercado. A marca é destinada a quem tem "paixão por novos sabores e apetite pela descoberta". Cada opção de cerveja é numerada e batizada com o nome de um lugar entre os trópicos e apresenta combinações como a de Blond Ale e Witbier e Session IPA e erva-mate (confira abaixo).

A cerveja 1 é a Bora Bora, mistura entre a base de maltes de uma Blond Ale Americana e as especiarias de uma Witbier, combinando as cores e os aromas da tangerina e do lúpulo mandarina, com uma pitada de sementes de coentro.

A cerveja 2 é a Arequipa, combinação do estilo Session IPA com um sucesso das praias cariocas – a erva-mate. Com amargor balanceado e o teor alcoólico mais baixo característico das session beers, é refrescante e aromática, combinando com o calor tropical.

Por trás das receitas está o cervejeiro Leandro Ajuz, sócio da marca e que atua no ramo desde 2006. A Trópica nasceu do seu desejo antigo de criar a própria marca e produzir cervejas com DNA brasileiro. Para isso, ele convenceu alguns amigos a embarcarem no projeto e passarem de bebedores e apreciadores a produtores da bebida.

“Para mim, uma ótima cerveja não precisa ser complicada. Todas as receitas da Trópica foram cuidadosamente elaboradas a partir de uma combinação de sabores que possa levar ao consumidor uma percepção de qualidade e refrescância. Queremos que todos tenham um grande prazer em experimentar nossas cervejas. Somos uma cervejaria craft sem medo de ser feliz. Ser feliz nas misturas, combinações, descobertas e ocasiões de consumo”, afirma Leandro.

Bernardo Guttmann, sócio da marca, explica a origem da linha:

“Criamos a cerveja que gostaríamos de beber: algo com o incrível potencial de mexer com os sentidos, trazer novas sensações e experiências. Para chegarmos ao nome Trópica, pensamos em algo leve e marcante. Trópica brinda à alegria e ao calor. Por ser uma menção implícita à região que abrange uma área grande do planeta (entre o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio), Trópica também remete à geografia, à vontade de conhecer novas culturas e colecionar experiências".

Onde encontrar

De início, a Trópica, em garrafas de 600ml e chope, está disponível nos seguintes locais do Rio:

  • ANTIGA MERCEARIA - Rua Voluntários da Pátria, 446 (Cobal Humaitá)
  • .BISTRO - Av. Vice Presidente José Alencar, 1405, loja i, Empório Jardim
  • BIERGARTEN - Largo do Machado, 29, sbl 202 - Catete
  • BOTECO COLARINHO - Rua Nelson Mandela, 100 - Botafogo
  • BREWTECO - Rua Dias Ferreira, 420 - Leblon
  • CANDY - Av. Armando Lombardi, 600 - Loja N - Barra da Tijuca
  • EMPÓRIO SANTA THEREZINHA - Av. das Américas 13.280 - Recreio dos Bandeirantes
  • HERR PFEFFER - Rua Conde Bernadote 26 - Leblon
  • LIDADOR (IPANEMA) – Rua Vinicius de Moraes, 120
  • LIDADOR (BARRA SHOPPING) - Avenida das Américas, 4666
  • LIDADOR (RIO SUL) - Rua Lauro Müller, 116 - Botafogo
  • NOOK BIER - Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1 - loja 170
  • PUB ESCONDIDO - Rua Aires Saldanha, 98 - Copacabana
  • ZONA ZEN - Estrada da Gávea, 636 - São Conrado