Cerveja

Com vendas para EUA, Way Beer prevê crescer mais de 15%

Depois de consolidar operação norte-americana, cervejaria de Curitiba mira a Europa e a Ásia

Em 2016, a cervejaria paranaense pretende enviar quase um container por mês para os EUA (Foto: Divulgação)

Em 2016, a cervejaria paranaense pretende enviar quase um container por mês para os EUA (Foto: Divulgação)

Com a exportação para os Estados Unidos, iniciada em outubro, a Way Beer projeta um crescimento de mais de 15%. Fundada em 2010 na cidade de Pinhais (PR), na Região Metropolitana de Curitiba, a cervejaria está em expansão e pretende em 2016 enviar quase um container por mês para os EUA.

A operação internacional é estratégica para a Way, como explica o sócio-proprietário Alejandro Winocur:

“Após nos firmarmos em solo norte-americano, onde queremos estar presentes nos principais bares e restaurantes, vamos seguir esse modelo que está dando certo para abrirmos novos mercados em outras partes do planeta, como no Reino Unido, na Suécia e em países asiáticos.”

O projeto de exportação faz parte dos planos da cervejaria há um bom tempo, e foi consolidado após a Way Beer desenvolver cervejas especiais com foco no mercado internacional.

“Nos últimos dois anos, passamos a pensar em um projeto de exportação consistente. Começamos a desenvolver uma linha de produtos com potencial para atingir o mercado norte-americano, pois estamos tratando de um público cervejeiro mais maduro. Ou seja, não poderíamos trabalhar com estilos de cervejas que podem ser facilmente encontrados nos Estados Unidos, e foi aí que começamos a investir em linhas especiais para exportação”, detalha Alejandro.

Em um primeiro momento, a cervejaria paranaense colocou no mercado norte-americano sete rótulos, disponibilizados em Chopp e garrafas. O cervejeiro Alessandro Oliveira, também sócio-proprietário da Way Beer, detalha:

“A linha Sour Me Not, por exemplo, é bem peculiar e aposta em ingredientes com a cara do Brasil, como o Caju e a Graviola. Além disso, todas as cervejas que serão exportadas têm um conceito diferenciado, que traz um pouco de toda a experiência e inovação da Way, como é o caso da nossa clássica Amburana Lager, maturada em Amburana Cearensis, uma madeira genuinamente nacional.”