Cervejaria Verace anuncia novos sócios e investimento

Grupo PGS passa a fazer parte da empresa, que planeja expansão em outros Estados

 A cervejaria mineira, que começou a produzir em agosto de 2016, teve um crescimento rápido (Foto: Divulgação)

A cervejaria mineira, que começou a produzir em agosto de 2016, teve um crescimento rápido (Foto: Divulgação)

Com pouco mais de um ano, e um crescimento acima da média, a Cervejaria Verace anuncia a entrada, em sua estrutura societária, do Grupo PGS, familiar, que já investe em alguns segmentos e passa a apostar no mercado de cervejarias artesanais. Desde 2015 já havia o interesse do grupo em investir nesse segmento.

Segundo um dos novos sócios, Marcelo Paixão, a pesquisa foi intensa:

“Estávamos pesquisando, chegamos a ir em frente em algumas negociações, que não deram certo por diferenças nos modelos que queríamos. Enxergamos na Verace uma grande oportunidade. Nos chamou a atenção uma cervejaria que alia modernidade, planejamento, organização e a visão empresarial do negócio que eles tem.”

Para Alessandro Fontenelle, um dos sócios fundadores da Verace, essa procura veio ao encontro do que a cervejaria buscava: um crescimento, inclusive para outros estados como Rio de Janeiro, Distrito Federal e São Paulo:

“Foi uma negociação com objetivo de buscar sinergias mútuas que pudessem potencializar e acelerar o crescimento da Verace. Foram identificados valores comuns e conhecimento que agregam valor para o crescimento da marca e expansão de mercados, bem como desejo comum de valorização dos pilares de qualidade e profissionalismo na relação com nossos consumidores e admiradores.”

A Verace começou com uma capacidade de produção de 30 mil litros/mês, em agosto de 2016. A primeira ampliação se deu em janeiro de 2017, com uma nova capacidade de produção, de 40 mil litros/mês. Em outubro, um novo salto, para 55 mil litros/mês. O objetivo com a entrada do Grupo no capital da empresa será potencializar esse crescimento, rompendo as fronteiras do Estado e chegando a uma capacidade de produção de 110 mil litros/mês, nos próximos dois anos.

Esse 3ª Plano de Investimentos contempla ainda um novo hub - logístico no estado de SP para expansão de mercado. A previsão é de que 40% da produção seja destinado para outros Estados.

Será mantida a estratégia da empresa, bem como os sólidos princípios de valorização da qualidade dos produtos e frequência de inovação em lançamentos.

“O novo sócio vem agregar sólido know-how de atuação em mercados onde ainda estamos em estágio inicial de atuação, bem como expertise de marketing e relacionamento”, completa Fontenelle.