Cervejaria Satélite festeja 3 medalhas no Mondial de La Bière SP

Medalhas reforçam o prestígio da marca cigana do interior de São Paulo

 As cervejas que garantiram medalhas para a Satélite no Mondial de La Bière SP (Fotos: Divulgação)

As cervejas que garantiram medalhas para a Satélite no Mondial de La Bière SP (Fotos: Divulgação)

A Cervejaria Satélite faturou três medalhas de ouro no concurso MBeer Contest Brazil integrante da programação do Mondial de La Bière São Paulo, festival cervejeiro que teve sua primeira edição na capital paulista entre 17 e 20 de maio. Entre as premiadas, brilham dois dos rótulos da linha Orbit Series, que prevê a criação de cervejas com temáticas de outro mundo: a primogênita CryoSat P.01, uma Juicy IPA elaborada com cryo hops, e a MelonSat P.04, do mesmo estilo e elaborada com adição de melão in natura. Completa o trio a Psicose Espacial, também um Juicy IPA desenhada e executada de maneira colaborativa em parceria com a cervejaria Doktor Bräu.

A premiação tripla consagra a Satélite como maior medalhista da edição deste ano do evento paulistano. Os ouros vêm para se juntar com duas outras conquistadas pela cervejaria em anos anteriores, em outros concursos, e reforça a preocupação com a qualidade do casal de sócio-fundadores, o cervejeiro Marcos Andre Lopes e a microbiologista Amanda Sá.

“Queremos fazer ótimas cervejas que o público goste. E ficamos muito felizes com a premiação e o reconhecimento também do público, que visitou em grande número nosso estande no Mondial”, diz Marcos André.

A primeira cerveja da marca, a Amber Ale batizada de AAA Hop Power, foi vencedora da medalha de ouro no South Beer Cup e da medalha de prata no Concurso Brasileiro da Cerveja, ambas em 2016.

As cervejas premiadas

CryoSat P.01 – Feita com cryo hops, lúpulo concentrado em pó por meio de congelamento, tem 6% de álcool e 50 IBU (International Bitter Units, medida de amargor da cerveja) e é concebida para ser uma cerveja agradável e fácil de beber. Naturalmente turva, como pede o estilo Juicy IPA, é aromática, qualidade que vem dos lúpulos americanos Citra e Mosaic usados na receita, trazendo notas de frutas cítricas e frutas amarelas. Seu amargor é elevado, porém “limpo”, sem aspereza ou adstringência, sendo muito agradável. Com final seco e corpo médio.

MelonSat P.04 – Com estreia de sucesso durante o evento, a MelonSat P.04 é uma Juicy IPA elaborada com adição de melão in natura. A técnica de inserção de fruta em seu estado natural garante à bebida perfil delicado e refrescante, características reforçadas, tanto no paladar como no aroma, graças à variedade de lúpulos Ella e o experimental Huell Melon. Com isso, ela traz aromas e sabores de melão, morangos, lichia e pêssego, com suave toque floral. Isso tudo além da cremosidade do estilo, amargor mediano e corpo elevado.

Psicose Espacial – Essa Juicy IPA foi desenhada e executada de maneira colaborativa com a cervejaria mineira Doktor Bräu. Feita com adição de graviola, tem 6,5% de teor alcóolico e 65 IBU, é turva e bastante aromática, apresenta corpo médio alto e amargor marcante, balanceado pela sutil doçura da fruta.

A Cervejaria Satélite

O casal carioca Marcos André Lopes e Amanda Sá – ele cervejeiro e ela microbiologista – começou a produzir cerveja em casa em 2010 e fundou a Cervejaria Satélite em 2015. Trata-se de uma cervejaria cigana que produz no interior de São Paulo e em 2017 se juntou ao coletivo de cervejarias Confrabeer SP. Hoje conta com cinco cervejas próprias no portfólio (AAA Hop Power, Hop In Black, CryoSat P.01, AustraliSat P.02 e HopSat P.03) e três 3 colaborativas (Moranga - com a Cerveja Cigana, The Hop Dragon - com a Cerveja Caverna e a também premiada Psicose Espacial com a Cervejaria Doktor Bräu).