Bodebrown lança série especial e mobiliza fãs por nova fábrica

Bodebrown lança série especial e convoca fãs para apoiar construção de nova fábrica

Parte da ampliação da cervejaria será bancada com renda de linha especial de cervejas e outros produtos (Foto: Divulgação)

Parte da ampliação da cervejaria será bancada com renda de linha especial de cervejas e outros produtos (Foto: Divulgação)

Ao lançar o projeto para construção de sua nova fábrica, uma das mais premiadas cervejarias artesanais do país, a Bodebrown, de Curitiba (PR), convoca os fãs a apoiarem nesta empreitada. Por meio de um hotsite, vai oferecer uma linha especial de produtos, entre cervejas comemorativas e taças até camisetas, cuja renda obtida com a venda será destinada à ampliação da Bodebrown.

O cervejeiro Samuel Cavalcanti explica:

"Convocamos os fãs para juntos construirmos este sonho. São eles a razão para a Bodebrown existir e, acreditamos, o tamanho da empresa será proporcional a esta paixão. Nosso tamanho será determinado por este envolvimento. O objetivo com este modelo de expansão é continuarmos independentes dos grandes grupos econômicos do segmento e investidores, preservando assim nossa liberdade criativa."

Cavalcanti afirma que são constantes as propostas para investidores adquirirem partes ou mesmo toda a Bodebrown.

"Não abrimos mão de crescer, mas queremos ficar distantes de grupos de investimento e grandes impérios. Acreditamos na força de um crescimento conectado com o trabalho artesanal e artístico, que marcam nossa essência", diz.

A empresa já conta com uma nova área, no mesmo bairro onde se encontra atualmente: a Vila Hauer, em Curitiba. Para a futura fábrica sair do papel, são necessários agora investimentos da ordem de R$ 3 milhões, a serem destinados à construção de um novo complexo e aquisição de tanques, salas de brassagem, centrífugas, caldeiras e todo o aparato necessário. O objetivo é saltar dos atuais 60 mil litros produzidos por mês para 120 mil. Haverá também ampliação dos funcionários, de 35 para 50. Neste processo de expansão, a Bodebrown já investiu cerca de R$ 1 milhão, direcionados para a compra de uma área de 500 metros quadrados, projeto, pesquisa e desenvolvimento inicial da fábrica.

Nos séculos passados, grandes monastérios na Europa produziam cervejas e utilizavam o valor das vendas para cobrir o custo de vida dos monges e fazer a manutenção dos edifícios e terrenos.

"Era comum mosteiros usarem a cerveja como moeda de troca, ou para arrecadar fundos, para a construção de novas igrejas", comenta Cavalcanti.

Algumas cervejarias buscam até hoje esta tradição, como a californiana Ovila. É relembrando esta ideia que a Bodebrown se inspira, para buscar não no investimento, mas na venda de mais cervejas e produtos para alcançar o capital suficiente para ampliar sua produção.

"O motivo para continuarmos independentes é a blindagem elaborada pelos fãs", lembra Cavalcanti.

Produtos históricos

Foram criados variados kits, que vão de três garrafas de 330 mL, com seis garrafas, ou seis garrafas mais taça, até kit mini-growler com mini-taça, garrafas de 750 mL e kits de seis unidades de 750 mL. As cervejas selecionadas para começar com esta ação foram Double Perigosa e 4Blés. Entre os produtos, estão disponíveis bonés, camisetas e camisas. A cervejaria ainda irá lançar outro produtos nas próximas semanas.


Serviço