Escritório gaúcho lança o Advogado Cervejeiro

Lopes, Verdi e Távora Advogados, de Porto Alegre, cria núcleo focado no segmento

Além da atuação jurídica, André Lopes é cervejeiro caseiro (Foto: Bruno Lois/Divulgação)

Além da atuação jurídica, André Lopes é cervejeiro caseiro (Foto: Bruno Lois/Divulgação)

Com a expansão das cervejarias artesanais no Brasil, que em 2017 devem chegar à marca de 500, um escritório com base em Porto Alegre criou um núcleo específico para o segmento. A iniciativa, do escritório Lopes, Verdi e Távora Advogados, tem como marca Advogado Cervejeiro. Liderado pelo advogado André Lopes, o negócio tem o objetivo de atuar e incentivar a profissionalização das microcervejarias.

“Cenário parecido com o momento atual brasileiro ocorreu nos Estados Unidos, nos anos 80 e 90, quando a revolução cervejeira fez surgir muitos produtores artesanais. Por lá, o escritório que se especializou em atender essa demanda, com todas suas especificidades, agregou uma carteira de clientes bem sólida, com cases de sucesso”, relata André.

A assessoria jurídica prestada pelo Advogado Cervejeiro será estruturada em campos como registro de marca, contract brewing e redação de contratos diversos, locação e compra de imóveis, além de consultoria nas áreas trabalhista e societária. O grupo liderado por André conta com o apoio técnico da equipe da Lopes, Verdi e Távora Advogados.

O Advogado Cervejeiro já atende a Cervejaria Edelbrau, de Nova Petrópolis (RS). Para a cervejaria localizada na Serra Gaúcha o escritório dá assessoria em questões contratuais e na prevenção de demandas trabalhistas.

Fernando Maldaner, sócio da Edelbrau, comenta:

“Nossa experiência e nossa rotina é na fabricação de cerveja. Ter um suporte especializado no meio jurídico nos auxilia muito no direcionamento e proporciona mais segurança aos negócios.”

A projeção do Advogado Cervejeiro nesse primeiro ano de atuação é ampliar clientes assessorados na região Sul do Brasil e, como consequência, expandir negócios em polos cervejeiros de outras regiões brasileiras. O site www.advogadocervejeiro.com.br e as mídias sociais (@advogadocervejeiro) serão os canais utilizados pelo escritório para divulgação de materiais de orientação.

De onde surgiu a inspiração

Dos momentos de lazer e do entusiasmo por cervejas artesanais surgiu a ideia do Advogado Cervejeiro. Além da atuação jurídica, André - que contabiliza já ter experimentado mais de 600 rótulos de diferentes escolas cervejeiras - é um paneleiro, cervejeiro caseiro. Sua mais recente produção é uma American Pale Ale – Single Hop, feita com adições tardias da variedade de lúpulo Citra.