Cerveja

Cerveja com sal é um dos lançamentos da Way no festival

Cervejaria paranaense aposta em combinações criativas para o evento em Blumenau

Way Beer vai ao Festival Brasileiro da Cerveja 2016 com inúmeras novidades (Foto: Divulgação)

Way Beer vai ao Festival Brasileiro da Cerveja 2016 com inúmeras novidades (Foto: Divulgação)

Uma cerveja com sal marinho é uma dos lançamentos que a Way Beer no Festival Brasileiro da Cerveja, de 9 a 12 de março em Blumenau (SC). A cervejaria paranaense também leva para o evento, entre outros destaques, uma cerveja com morango, amora e mirtilo e uma que maturou por mais de dois anos entre barris de Bourbon ou de cachaça. Outra novidade da Way em Blumenau é uma embalagem, o Crowler (para saber mais, clique aqui).

A opção salgada é a Gose Collab Stillwater, desenvolvida em parceria com a cervejaria americana Stillwater. A receita contém sal marinho extraído da região de Mossoró (RN), maior produtor brasileiro. A cerveja segue o estilo alemão Gose que em sua receita leva sal.

Outro destaque da Way Beer é a Dry Hopped Berliner Weisse, cerveja Sour fermentada com lactobacilos, e que leva 45% de malte de trigo e 55% de malte de cevada seguindo o estilo alemão Berliner Weisse, com uma "releitura" pelos lúpulos Amarillo e Mosaic, que conferem aroma.

Saison Red Wine Barrel Aged (Foto: Divulgação)

Saison Red Wine Barrel Aged (Foto: Divulgação)

Já a Saison Red Wine Barrel Aged foi maturada em barril de carvalho francês por 12 meses. O barril foi usado antes na maturação do vinho Cabernet Sauvignon. O barril confere às cervejas algumas das características do vinho armazenado anteriormente.

Para quem gosta de uma Fruit Beer, a cervejaria paranaense vai apresentar a Eat My Berries, uma cerveja que levou dois anos para ficar pronta, elaborada com morango, amora e mirtilo, e fermentada com Brettanomyces Bruxelensis Trois. A Purple High 5 é outra Fruit Beer que merece destaque, pois foi produzida com 250 quilos de amora colhidas manualmente, resultando em um quilo da fruta para cada litro da bebida. Para completar, a Purple High 5 foi fermentada com Brettanomyces.

A complexa Amburana Barley Wine, que apresenta 14% de teor alcoólico, contou com uma maturação especial em barril de Amburana, o mesmo usado no envelhecimento de cachaça e que adicionam aroma, cor e alteram o sabor da cachaça brasileira há mais de 100 anos.

Já a Sour Barley Wine, com 12% de teor alcoólico, preparada com malte torrado, demorou mais de dois anos para ficar pronta, período em que passou por barris de Bourbon e de cachaça. A Imperial Mangue Stout, um dos sucessos da cervejaria em 2015, ganha uma nova edição e 2016. Inspirada no estilo russo Imperial Stout, ela é uma cerveja forte, escura, com 84 IBU e graduação alcoólica de 10,7%. Ela foi fermentada por 30 dias e passou por outros seis meses de maturação.

Fechando a lista de destaques da Way Beer para o Festival Brasileiro da Cerveja, está a Triple Wood Aged. São três cervejas maturadas em barris de amburana, castanheira e araribá por períodos de 8 a 18 meses. Depois, as três foram misturadas. Com 15,5% de graduação alcoólica, ela pode ser tomada como um licor.