Cerveja

SEBRAE inicia projeto para estimular microcervejarias do RS

O objetivo é mapear, capacitar e trocar experiências com empreendedores

36 cervejarias irão participar do Projeto em 2015 (Foto: Freeimages)

36 cervejarias irão participar do Projeto em 2015 (Foto: Freeimages)

Para estimular o segmento das cervejas artesanais, o Serviço Brasileiro de apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RS) inicia, em 2015, o Projeto Desenvolver as Microcervejarias Artesanais do Rio Grande do Sul. Com 36 empresas selecionadas, a intenção é mapear o setor e desenvolver diversas ações para auxiliar os empreendedores a estruturar e crescer com negócios inovadores. (Para saber mais sobre as marcas gaúchas, entre no Portal das Cervejarias, da Beer Art)

“Trata-se de um marco porque não temos nada tão específico e nem tão abrangente”, ressalta a gestora do SEBRAE/RS, Francine Oliveira Danigno em matéria divulgada no site da instituição. Serão atendidas microcervejarias das regiões Metropolitana, Vale dos Sinos, Serra e Centro. Serão promovidos cursos e oficinas nas áreas de gestão, incluindo marketing e finanças, consultorias tecnológicas do Sebraetec com subsídio de 80%, além de estimular a troca de experiências e as ações cooperadas.

Instalada no pólo cervejeiro do bairro Anchieta, em Porto Alegre - um modelo operacional que reúne 10 empreendimentos e que facilita o trabalho em diversos aspectos - a Microcervejaria Seasons é uma das selecionadas para participar do Projeto. No mercado há 5 anos, tem uma produção mensal de 20 mil litros e conta com cinco funcionários.

“Assim como o trabalho no polo, o projeto do SEBRAE/RS vai contribuir para a profissionalização e o aprimoramento da gestão como indústria. Muitos nascem no negócio como amantes da cerveja, sem a base administrativa necessária, então será muito positivo”, afirma o proprietário Leonardo Sewald.

Em Santa Maria, na Região Centro, o empresário Vinícius Strazzabosco Roveda que produz cerveja há dois anos também acredita que o SEBRAE/RS vai contribuir para a profissionalização do setor. “Vai auxiliar na expansão como um todo”, afirma, considerando, também, o aspecto da cooperação. “Aqui na região não temos muitas indústrias produtoras, então a ideia é terceirizar o meu espaço para quem está começando”, finaliza.

A primeira iniciativa da entidade voltada para os cervejeiros foi realizada em novembro de 2014. O Seminário Gaúcho de Gestão para Pequenas Cervejarias reuniu mais de 250 pessoas, entre empresários, produtores e interessados no assunto.

AS CERVEJARIAS

Cervejarias selecionadas para o Projeto:

Al Capone

Alenda Weisse

Anner

Babel Cervejaria

Baita Bier

Baldhead Cervejas Especiais

Barco

Brassaria Pavos

Cervejaria do Farol

Coopenatural

Coruja

Diefen Bier

Edelbrau

Farrapos

Fil

Gram Bier

Heilige

Hess Brew

Horst & Biermann

Hugelbrau

Irmãos Ferraro

Lagom

Malvadeza Micro Cervejaria

Maniba

Maria Santa

Old Captain

Oito

Portoalegrense

República da Cerveja

Rush Beer

Seasons

Solerun

Távora

Terapia

Tupiniquim

Zapata Microcervejaria