Cervejas

Loucura de Baco é a nova colaborativa da Tupiniquim

No estilo Barley Wine, a bebida foi produzida com as cervejarias Serra de Três Pontas e Noturna

No rótulo a explicação do nome Loucura de Baco, inspirado na mitologia romana (Foto: Divulgação)

No rótulo a explicação do nome Loucura de Baco, inspirado na mitologia romana (Foto: Divulgação)

Com alto teor alcoólico, 9,5%, a Loucura de Baco é o novo rótulo da Tupiniquim, de Porto Alegre (RS), colaborativo com as cervejarias de São Paulo (SP) Serra de Três Pontas e Noturna. No estilo inglês Barley Wine (literalmente vinho de cevada), a bebida lembra o vinho principalmente no teor alcoólico e na coloração. É uma cerveja forte, escura, apresenta aroma com toques defumados e um leve toque cítrico do lúpulo.

Até o final de outubro a Loucura de Baco deve chegar aos principais pontos de venda. Nesta primeira edição foram produzidos 2 mil litros e cerveja deve continuar sendo produzida de forma esporádica.

O nome deste novo rótulo foi inspirado na mitologia romana e faz alusão faz alusão a loucura de Baco, deus do vinho. A loucura teria teria sido provocada pela inveja de Juno, esposa Júpiter que tinha ciúmes de Baco, fruto de um amor proibido entre seu marido e uma mortal.