Cerveja Patagonia inaugura seu primeiro bar em Curitiba

Marca traz especialistas de sua cervejaria em Bariloche e reforça presença na região

Bar é ao estilo "pop up" em uma das ruas mais boêmias de Curitiba (Foto: Divulgação)

Bar é ao estilo "pop up" em uma das ruas mais boêmias de Curitiba (Foto: Divulgação)

Patagonia, uma das mais renomadas cervejas da Argentina, criada há 10 anos com uma única receita caseira, hoje integra o portfólio da Ambev (como parte da corporação global AB InBev). Presente no Brasil desde 2013, em pouco tempo se tornou conhecida e apreciada em estados como o Paraná. Nesta nova fase, a marca passa a investir em campanhas e ativações na região e inaugura seu primeiro bar no país.

A marca traz ao Brasil o Refúgio Patagonia, um bar pop up localizado na Avenida Vicente Machado, 866, uma das mais boêmias de Curitiba. Inaugurado há uma semana, trata-se de um espaço despretensioso, com a proposta de se conectar com a comunidade local, onde é possível degustar todos os rótulos da marca e também petiscos e comidinhas tradicionais.

Bruno Siqueira, gerente de marketing da Patagonia, explica:

“Pela proximidade do Paraná com a Argentina, as receitas da Patagonia conseguiram encantar os consumidores da região. Queremos aproveitar essa conexão para expandir nossa presença e convidá-los a viverem uma experiência completa da marca”

Experiências patagônicas

No dia 23, Patagonia organiza o Campamento Patagonia, uma grande parilla no estilo argentino preparada pelo time da Bull Prime com cortes típicos do país, que poderão ser apreciados com os estilos clássicos da cervejaria.

A marca distribuirá poucos convites para o evento. Para encontrá-los, um game será lançado na página de Patagonia a partir desta quinta-feira no Facebook convidando as pessoas a explorar a cidade para encontrar os ingressos.

Para encerrar a programação, a marca promove no dia 25 o Circuito Patagonia, uma experiência apenas para convidados no restaurante La Linda com rótulos exclusivos. Guiados pela dupla de especialistas da marca vindos de Bariloche, Ezequiel Ratti, mestre-cervejeiro, e Sol Cravello, sommelier, os convidados conhecerão os diferenciais de cada estilo e curiosidades sobre os lúpulos patagônicos usados em algumas receitas.

“Nosso compromisso com a qualidade e a paixão por fazer cerveja fica evidente desde a dedicação com as nossas plantações de lúpulo na Patagonia, até o preparo das receitas. Queremos compartilhar um pouco da cultura cervejeira da Patagônia com o brasileiro, que como nós argentinos, é um verdadeiro apreciador da boa cerveja", explica Ratti.

A Patagonia utiliza lúpulos importados da República Checa e de sua plantação na cidade de Fernandez Oro, localizada na região patagônica, a 440 km de Bariloche. Outra lavoura em frente à sede da marca também tem lúpulos especiais utilizados na receita da cerveja.

Além das ativações, a Patagônia reforça sua presença digital com a reformulação das suas redes sociais, passando a investir em conteúdos personalizados sobre o universo da marca e seus territórios para Instagram e Facebook.

A Patagônia

No coração do Circuito Chico, próximo ao Mirador Punto Panorâmico, no quilômetro 24,7 em São Carlos de Bariloche, a marca inaugurou em junho de 2016 a Cervejaria Patagonia, uma brewhouse onde público pode acompanhar a elaboração das cervejas direto do bar e degustar pratos típicos da região patagônica harmonizados com as bebidas.

No Brasil, a marca hoje disponibiliza três estilos, na versão 740 ml e a novidade long neck, com 355 ml. A Patagonia Bohemia Pilsener é produzida com o lúpulo checo Saaz e também com o Cascade argentino, cultivado na cidade patagônica de Fernandez Oro e também em frente à cervejaria de Patagonia em Bariloche. O tipo checo proporciona um aroma fresco e frutado bem característico, além de uma coloração dourada profunda.

Patagonia Amber Lager, um líquido de cor marrom acobreada com aroma sutil de caramelo graças aos maltes Melanoidin, Carared e Carapils. Patagonia Weisse, aroma cítrico com notas de laranja, limão e abacaxi equilibram perfeitamente o aroma e o sabor refrescante e pouco adocicado desta cerveja.


Serviço

  • O quê: Refúgio Patagônia
  • Quando: 3ª a 4ª das 18h à 0h, 5ª das 18h à 1h, 6ª das 18h às 2h, sábado das 19h às 2h, domingo das 17h à 0h
  • Onde: Avenida Vicente Machado, 866 – Batel, Curitiba/PR