Mais de 400 cervejas avaliadas no 1º dia da Copa Cervezas de América

Dos 36 integrantes do júri internacional, sete são brasileiros

As avaliações são realizadas por meio de um software para registro das notas e impressões dos juízes (Foto: Sarah Buogo/Divulgação)

As avaliações são realizadas por meio de um software para registro das notas e impressões dos juízes (Foto: Sarah Buogo/Divulgação)

Das cerca de mil cervejas em disputa na Copa Cervejas de América 2016, em Santiago, no Chile, mais de 400 foram avaliadas no primeiro dia de julgamento, nesta segunda-feira (26/9). São 36 juízes internacionais, entre eles sete brasileiros: Alexander Weckl, Amanda Reitenbach, Ana Paula Freitas, Daiane Colla, Fernanda Meybom, Igor Puorro e José Padilha.

Assim como na edição passada, as avaliações foram realizadas por meio de um software para registro das notas e impressões dos avaliadores. O presidente da Copa, Daniel Trivelli, destaca:

“Como já era esperado, o primeiro dia foi marcado por ajustes até que os juízes se adaptassem bem ao Sistema de Avaliação online. Tivemos um pequeno atraso em virtude disso pela manhã, mas que foi logo recuperado na parte da tarde. Com certeza começamos muito bem.”

As avaliações do dia foram divididas em 12 painéis de três juízes cada um. Cada flight (cada sessão) avalia entre quatro e sete cervejas por vez. Ao total foram 418 cervejas de 45 estilos diferentes.

No primeiro dia, foram avaliadas 418 cervejas de 45 estilos (Foto: Sarah Buogo/Divulgação)

No primeiro dia, foram avaliadas 418 cervejas de 45 estilos (Foto: Sarah Buogo/Divulgação)