Destaque, Guia

Juiz BJCP comenta o novo Guia de Estilos

Novos estilos que já estavam sendo produzidos e julgados em concursos foram incluídos no documento (Foto: Divulgação)

Novos estilos que já estavam sendo produzidos e julgados em concursos foram incluídos no documento (Foto: Divulgação)

Humberto Fröhlich vai coordenar a tradução das diretrizes para o português

Referência para julgamentos de concursos cervejeiros, o novo Guia de Estilos BJCP traz uma reorganização dos estilos e a separação entre Cerveja, Hidromel e Sidra que estavam agrupados até a última revisão, em 2008. Responsável pela coordenação das traduções do Guia para o português no Brasil, o proprietário da Babel Cervejaria e juiz BJCP, Humberto Fröhlich, falou com a Beer Art sobre a revisão do documento. Humberto figura entre os três juízes sulamericanos com maior certificação na América do Sul (National).

O início da tradução do material para o português ainda não está definido. Uma equipe de voluntários vinculados ao BJCP está sendo organizada e deve ser divulgada em breve. "Estamos com um bom quórum de voluntários interessados em participar. Vamos priorizar aqueles que já fizeram a prova e tem um engajamento com o trabalho, seguindo as orientações da direção do BJCP". Para acessar a versão em inglês, clique aqui.

Além do documento serão traduzidas as novas questões da prova online e as apostilas de conteúdo. Para os exames que selecionam os juízes BJCP, as novas diretrizes passarão a valer em 1° novembro de 2015. Até lá, permanece a de 2008. A utilização do Guia 2015 em concursos ficará a critério da organização do evento que poderá optar pelo novo ou o antigo.

Para Humberto, o grande mérito da revisão é a própria atualização que busca a aproximação com a realidade atual. “Tínhamos estilos que geravam dúvidas como a Black Ipa, India Black Ale. Há anos o pessoal estava fazendo isso e reclamava que não existia um estilo definido e cada um julgava como queria nas categorias mais genéricas”, destaca.

Os novos estilos que já estavam sendo produzidos e julgados em concursos foram incluídos na tentativa de acompanhar as inovações nas produções caseiras. “As novas diretrizes do Guia BJCP refletem o que os cervejeiros caseiros estão fazendo e querendo mandar para os concursos”, explica Humerto. “O documento traz exemplos comerciais para se ter uma referência do que está sendo feito. A distribuição dos estilos e a escolha deles, no entanto, é baseada primordialmente nos homebrewers, conclui.

Humberto figura entre os três juízes sulamericanos com maior certificação na América do Sul (Foto: Divulgação)

Humberto figura entre os três juízes sulamericanos com maior certificação na América do Sul (Foto: Divulgação)