Novo bar celebra afinidade da escocesa BrewDog com o Brasil

Por Raphael Rodrigues

Especial para a BeerArt

Prestes a receber a primeira filial do bar escocês da BrewDog, a cena cervejeira no Brasil ganha mais um exemplo do aumento de sua relevância. O bar no bairro de Pinheiros, em São Paulo, é o primeiro fora do continente europeu, onde atualmente há 13 em funcionamento. O do Brasil será o próximo, e logo depois serão abertos novos em Tóquio e Berlim.

> BAIXAR A REVISTAiPad/iPhone ou Android

A BrewDog começou a chegar ao Brasil entre 2010 e 2011. Logo se tornou o carro-chefe da importadora Tarantino. Fácil entender como tudo isso aconteceu, uma cervejaria escocesa que adora lúpulos e tem no amargor e na complexidade suas principais armas caiu direto no paladar do brasileiro interessado em cervejas fortes.

Em 2011, o cervejeiro Graeme Wallace da Brewdog participou de um evento em Curitiba (PR) e logo depois, no início de 2012, James Watt, um dos proprietários da cervejaria (o outro é Martin Dickie), veio conhecer o mercado brasileiro e bater o martelo sobre o possível primeiro bar na América do Sul. A resposta que Watt teve por aqui foi muito positiva e, assim, começaram os primeiros passos do BrewDog Bar São Paulo.

Serviço

O que: abertura do BrewDog Bar São Paulo

Quando: 22 de janeiro

Onde: Rua dos Coropés, 41, bairro Pinheiros, São Paulo

Nas redes:

Facebook: www.fb.com/brewdogsaopaulo

Twitter:@BrewDogSaoPaulo

Instagram:@brewdogsaopaulo

Bar no bairro de Pinheiros, em São Paulo, é o primeiro fora da Europa (Foto: Divulgação)

Bar no bairro de Pinheiros, em São Paulo, é o primeiro fora da Europa (Foto: Divulgação)

James Watt (esquerda) e Martin Dickie lançaram a BrewDog, uma cerveja escocesa que tem no amargor e na complexidade suas principais armas  (Foto: Divulgação)

James Watt (esquerda) e Martin Dickie lançaram a BrewDog, uma cerveja escocesa que tem no amargor e na complexidade suas principais armas  (Foto: Divulgação)