PakTech quer mudar no Brasil a forma de carregar cerveja

Fabricante de suporte que se popularizou nos EUA mira mercado brasileiro e argentino

 Com o suporte, é fácil carregar e remover as latinhas de cerveja (Foto: Altair Nobre/Beer Art)

Com o suporte, é fácil carregar e remover as latinhas de cerveja (Foto: Altair Nobre/Beer Art)

 Suporte fixa o pack (Foto: Divulgação)

Suporte fixa o pack (Foto: Divulgação)

Em suas fábricas no cervejeiro estado americano do Oregon, a PakTech, com mais de 25 anos de atividade, produz suportes que mudaram a forma de carregar a bebida. O produto se popularizou nos Estados Unidos, e a empresa expandiu seu mercado para a Europa (Grã-Bretanha) e a Oceania (Austrália e Nova Zelândia). Agora, mira a América do Sul, especialmente o Brasil e a Argentina, como conta de sua base americana o diretor de Vendas e Marketing da PakTech, Mario Serra.

A aposta da empresa é oferecer soluções atraentes, ambientalmente responsáveis (feitas com polietileno 100% reciclado) e fáceis de usar. As alças PakTech são feitas com 100% de resina reciclada pós-consumo e são 100% recicláveis. O processo de produção com uso de material reciclado emprega 100% menos de petróleo, 90% menos de energia e emite 78% menos gases de efeito estufa em relação à produção de plástico virgem. Em 2017, conforme a empresa, mais de 75 milhões de jarras de leite de plástico foram eliminadas dos aterros sanitários e recuperadas como matéria-prima que o PakTech usa durante o processo de fabricação.

Em março deste ano, Mario Serra esteve na Feira Brasileira da Cerveja, evento de negócios paralelo ao Festival Brasileiro da Cerveja, em que apresentou o produto, em um estande em parceria com a Realli Insumos Cervejeiros.

São centenas de estilos de alças que se encaixam em uma variedade de tamanhos e configurações de garrafas (vidro e plástico) e latas.

"Quando um identificador padrão não está disponível, o departamento de engenharia produz desenhos originais que podem ser rapidamente criados no departamento de desenvolvimento", diz Mario Serra.

Ele explica que o departamento de desenvolvimento buscou criar suportes, além de atrativos, convenientes para carregar, e fáceis de fixar e remover.

"A abordagem minimalista realça e complementa o design de rótulos de latas e garrafas, em vez de obscurecê-lo, oferecendo uma melhor presença no mercado, aumento da conscientização do consumidor e incremento nas vendas. O resultado é um produto que tem sido rapidamente abraçado pelo segmento da cerveja artesanal, onde a criatividade no design e de cores de rótulos e ilustrações de latas reforça a identidade da marca", acrescenta.

Vídeo demonstra como é o uso do suporter PakTech:

 

Em termos de cuidado ambiental, a empresa adota um processo de produção que, a cada ano, reduz as emissões de carbono em 1.531 toneladas, as emissões de CO2 em 5.612 toneladas, e compensa os gases de efeito estufa o suficiente para corresponder a 1,28 mil menos carros na estrada.


Serviço