Cervejarias passam de 4.000 nos EUA

Número se aproxima de recorde que resiste desde 1873, quando havia 4.131 fábricas

Site da Brewers Association retrata marca histórica (Foto: Reproducão do site da BA)

Site da Brewers Association retrata marca histórica (Foto: Reproducão do site da BA)

Enquanto as atenções estavam concentradas no Great American Beer Festival, na semana passada, um acontecimento de grande simbologia para a indústria cervejeira americana passava quase despercebido. Quase, porque não para o economista-chefe da Brewers Association, Bart Watson, que exaltou em texto o fato. As cervejarias nos EUA ultrapassaram a marca de 4.000. Estão perto de derrubar um recorde de 142 anos. Em 1873, havia a incrível atividade de 4.131 fábricas de cerveja.

"É uma notável conquista, impensável no fim dos anos 1970, quando o número de cervejarias americanas mergulhou para menos de 100", observa Watson.

Ele descarta que a quantidade atual signifique um ponto de saturação.

"A maior parte dos novos entrantes continua a ser de empresas pequenas e locais, que operam em bairros ou cidades", observa. "Significa que as cervejarias estão voltando a uma época em que eram predominantemente locais e operavam em bares ou restaurantes de bairro."

Para ler o texto completo (em inglês), clique neste link.