Polêmica

Cervejaria recua em campanha pró-topless depois de reações negativas

Irada! ofereceria chope grátis às mulheres que estivessem na praia sem a parte de cima do biquíni

Cervejaria Irada! nasceu distribuindo chope nas praias do Rio (Fotos: Divulgação)

Cervejaria Irada! nasceu distribuindo chope nas praias do Rio (Fotos: Divulgação)

Cervejaria artesanal que tem entre seus sócios o ator Malvino Salvador e foca na distribuição de chope nas praias do Rio, a Iraja! sofreu nesta semana um revés, ao lançar uma campanha de apoio ao movimento de legalização do topless. Com o título "Topless Irado!", oferecia no Leblon um chope de graça às mulheres que estivessem na praia sem a parte de cima do biquíni. As reações negativas levaram a empresa a recuar e pedir desculpas. Confira mais abaixo a nota de esclarecimento divulgada pela cervejaria.

POSICIONAMENTO DA IRADA! A RESPEITO DA CAMPANHA "TOPLESS IRADO!"

Devido à enorme repercussão da campanha que apoia o topless nas praias cariocas, a cerveja IRADA! reconhece sua responsabilidade na interpretação ambígua que a mensagem pode ter gerado e pede sinceras desculpas pelas consequências destas interpretações. Por esta razão, estamos retirando a campanha do ar.

Nossa intenção, a partir do conceito irreverente da marca, sempre foi o de apoiar uma causa legítima, promovendo o respeito, a igualdade e a liberdade das mulheres - tudo que prega o movimento do topless. Porém, falhamos ao não perceber que a mensagem poderia gerar um entendimento contrário, o que de fato acabou, na grande maioria dos casos, acontecendo.

Se a ideia era apoiar uma causa mas erramos na forma ou no tom, vamos guardar este valioso aprendizado e continuar trabalhando para outras causas tão meritórias quanto, com a convicção de que o acerto no conteúdo é - e sempre será - o mais importante. A próxima campanha já está no forno e convidamos vocês a continuarem conectados conosco, aguardando o que vem por aí.

Agradecemos todas as críticas construtivas que recebemos e reiteramos o nosso intuito de valorizar sempre a opinião dos nossos consumidores, mantendo um diálogo permanente com todos os segmentos da sociedade. Bora pra praia! Quem quiser usar biquíni usa, quem não quiser, não usa! Viva o espírito democrático da praia e do Rio de Janeiro. OLHA O MAAAALLLTE!