Rede Mestre-cervejeiro.com projeta passar de 80 unidades em 2018

Rede de lojas de cervejas especiais, com mais de 3,5 mil rótulos, cresceu 37% em 2017

 Contâiner é um dos mais recentes modelos de unidade da rede Mestre-cervejeiro.com (Foto: Divulgação)

Contâiner é um dos mais recentes modelos de unidade da rede Mestre-cervejeiro.com (Foto: Divulgação)

A rede Mestre-Cervejeiro.com encerrou 2017 com 63 unidades em 18 estados brasileiros, faturamento de R$ 24 milhões e crescimento de 37%. Com 14 anos de atividade no segmento, a Mestre-Cervejeiro.com traçou um plano de expansão tendo como meta concluir 2018 com mais de 80 unidades, firmando três novos contratos por mês, em todas as regiões do Brasil, para os próximos anos, projetando ultrapassar R$ 30 milhões de faturamento.

Para Daniel Wolff, fundador da marca, sommelier e juiz internacional de cervejas, os números refletem o bom momento do mercado de cervejaria artesanal no Brasil e a credibilidade de seu trabalho:

"Somos referência, tanto no Brasil como no Exterior, por conta do formato de boutique de cervejas dos nossos pontos de venda, pela expertise que a rede tem sobre cerveja e também pelo nosso modelo de negócio."

A apostando é em um modelo de negócio que o explore como destino e não como uma simples loja de conveniência.

"Queremos crescer ainda mais, sempre com qualidade, para divulgar a cultura da cerveja por todo o país", comenta Wolff.

A rede oferece três opções de negócios, com investimentos iniciais que variam entre R$ 80 mil e R$ 150 mil, podendo chegar a R$ 250 mil. Além dos modelos de loja de rua e quiosque, a rede recentemente lançou um novo modelo: os contâiners. Aos investidores, a expectativa divulgada é de uma margem de lucro em torno de 15% a 20% do faturamento e um retorno previsto de 18 a 24 meses.

As regiões que tiveram maior expansão nos últimos anos foram Sudeste e Sul, contudo, o potencial de expansão está em todas as regiões, principalmente nas capitais. O mercado brasileiro de cervejas é o terceiro maior do mundo, e o setor de cervejas artesanais vem acompanhando uma tendência mundial de crescimento.

"Além da paixão pelas cervejas artesanais, é essencial a paixão pelo varejo. Nós fazemos a transferência de know how, tanto sobre cervejas como sobre o negócio. Nossos franqueados recebem treinamentos em todas as áreas, além de terem acompanhamento diário do desempenho das lojas, desenvolvimento de campanhas em rede e de produtos próprios da marca", completa Wolff.