Leuven lança Endless Sour no Mondial em SP

Berliner Weisse com lúpulo Hull Melon tem adição de tangerina e Pitanga

 Endless Sour (foto) é a novidade na linha da Leuven, composta por cervejas premiadas com a Red Ale que conquistou medalha na World Beer Cup (Foto: Divulgação)

Endless Sour (foto) é a novidade na linha da Leuven, composta por cervejas premiadas com a Red Ale que conquistou medalha na World Beer Cup (Foto: Divulgação)

Para o primeiro Mondial de La Bière na capital paulista, que se realiza até domingo, 20 de maio, a cervejaria Leuven leva um lançamento, a Endless Sour. É uma Berliner Weisse com lúpulo Hull Melon, adição de tangerina e Pitanga, teor alcoólico de 3,5% e ph 3,5.

A cerveja traz aroma bem presente da tangerina e lúpulo, no paladar a Pitanga se destaca com leve acidez equilibrada com corpo leve da cerveja. Conforme a cervejaria, o nome tem a seguinte origem: a Leuven traz no rótulo o símbolo Nó Celta (Endless Knot), que "simboliza o infinito, interconexão de tudo que acontece ou seja sem início e fim, trabalho continuo que remete ao crescimento e trabalho que a Leuven vem desenvolvendo no mercado, a busca sem fim na excelência das cervejas e trazer sempre o melhor para os consumidores".

Para os apreciadores da linha da Leuven, o festival em São Paulo também é uma oportunidade de degustar a recém premiada Red Ale, que conquistou medalha na World Beer Cup, um dos concursos cervejeiros mais acirrados.