Os jurados do Mondial de la Bière Rio 2017

Confira quem vai julgar as melhores cervejas no MBeer Contest Brazil

Mondial de la Bière Rio 2017 ocorre de 11 a 15 de outubro (Foto: Divulgação)

Mondial de la Bière Rio 2017 ocorre de 11 a 15 de outubro (Foto: Divulgação)

Os expositores do Mondial de la Bière Rio 2017 já podem inscrever seus rótulos para participar do MBeer Contest Brazil, concurso de degustação profissional de cerveja. O concurso é exclusivo para participantes do festival, que se realiza de 11 a 15 de outubro. O resultado será revelado no palco principal no dia 12 de outubro (quinta-feira), às 20h. Em 2016, o concurso teve mais de 250 rótulos inscritos. Para conferir como foi a edição 2016, clique aqui.

A avaliação é baseada nas qualidades da cerveja. Sem categorias pré-definidas, os juízes – que farão as degustações às cegas, sem informação sobre o produto, identificarão o estilo da cerveja e a avaliarão de acordo com o estilo identificado. Um dos princípios do MBeer Contest Brazil é eliminar as referências a um determinado estilo enquanto critério de avaliação para as cervejas participantes da competição. Cada cerveja inscrita na competição será avaliada em duas etapas:

1°: Na definição do estilo, identificado pelo juiz.

2°: Na avaliação da cerveja de acordo com o estilo identificado.

Dessa forma, cada cerveja será avaliada segundo seus atributos mais atrativos e saborosos. Caberá ao júri final decidir se determinadas cervejas devem ser desclassificadas devido a uma grande discrepância entre o estilo identificado e o verdadeiro estilo que o produto representa.

O Mondial de La Bière do Rio de Janeiro premiará em sua quinta edição do concurso MBeer Contest Brazil com as seguintes medalhas:

Medalha de platina – Será entregue a medalha de platina à(s) cerveja(s) que obtiver(em) a maior pontuação geral no concurso, dentre todos os estilos inscritos e independendo do estilo identificado pelo júri.

Medalha de ouro – Serão entregues 10 (dez) medalhas de ouro às cervejas que obtiverem as maiores pontuações no concurso, dentro dos estilos identificados pelo júri.

Cervejarias com vínculos comerciais com os jurados não poderão inscrever seus rótulos. É proibido inscrever a cerveja de um concorrente no concurso. Apenas cervejas envasadas em lata ou em garrafa, já comercializadas com bases nas leis aplicáveis, podem participar da competição. Cada expositor deverá apresentar no mínimo três litros e no máximo quatro litros de amostras do mesmo lote para o concurso. Uma quantidade mínima de 30 litros (0,3 hectolitro) deverá estar disponível para venda ao público durante o evento no estande da cerveja participante. A lista de cervejas participantes da competição é confidencial e não será revelada.

Cervejas internacionais que estejam em estande de expositores no evento e desejarem participar do MBeer Contest Brazil, deverão ter representante no Brasil e fazer a inscrição através do mesmo.

Confira os vencedores do MBeer Contest Brazil 2016

A cervejaria Backer levou a medalha de platina, com a Bravo, uma Imperial Porter. As medalhas de ouro foram para as cervejas:

  • Noi Cioccolato da Cervejaria Noi;
  • Hopi da Cervejaria Mistura Clássica;
  • Wals Niobium da Wals Cerveja Arte;
  • Hazy da Cervejaria OverHop;
  • Wals Cuvéé Carneiro da Wals Cerveja Arte;
  • Pazion da Zalaz;
  • DarkHop da Cervejaria OverHop;
  • Cacau Wee da Bodebrown;
  • #TBT da 3 Cariocas;
  • Wals Dubbel da Wals Cervejaria Arte;
  • India White Ale da Three Monkeys Beer;
  • Canudos da O Motim;
  • Cerveja Mafia New York da Cervejaria Serra Verde Imperial.

Confira o time de jurados do MBeer Contest Brazil 2017:


Bernardo-Couto

Bernardo Couto - Empresário

Cervejaria: 2cabeças

Cervejeiro caseiro desde 2009, já foi presidente da Acerva Carioca. Em 2012 fundou a cervejaria 2cabeças, uma das primeiras ciganas do Brasil, e já produziu cervejas em diversos estados brasileiros e países da Europa.


Fabian-Rodriguez

Fabián Rodríguez - CEO e cervejeiro chefe

Cervejaria: Doggerlander

CEO e Cervejeiro Chefe da Doggerlander. Desde 2004 vêm produzindo cervejas, e em 2014 deu início a uma das micro cervejarias mais renomadas do Equador, conhecida por experimentos, inovação e qualidade.


Jose-Raimundo-Padilha

José Raimundo Padilha - Sommelier de cerveja

Mestre em Estilos Siebel, Sommelier de Cerveja Doemens, Head Sommelier The Beer Planet, Expert Zona Sul, Colunista da Band, Professor ESCM e Casa do Saber, Consultor Premium Brands, Ex-Diretor ACervA Carioca, Jurado internacional, especializado em educação cervejeira e harmonização.


kathia-zanatta

Kathia Zanatta - Engenheira de Alimentos. Empresa: Instituto da Cerveja

Formada em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP, pós-graduada em Gestão Industrial pela FGV, Sommelière de Cerveja pela Doemens Akademie em Munique e Mestre Cervejeira pelo Siebel Institute, de Chicago. Iniciou os trabalhos na produção da cervejaria Paulaner na Alemanha e depois, na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Brasil Kirin. Desde 2010 atua como sócio-diretora e professora do Instituto da Cerveja Brasil, além de realizar eventos e palestras sobre cervejas e zitograstronomia.


leo-sewald

Leonardo Sewald - Mestre-cervejeiro, cofundador e diretor de operações da Cervejaria Seasons

Cervejaria: Seasons

Leo é cervejeiro e sócio fundador da Cervejaria Seasons, de Porto Alegre/RS. Cervejeiro formado pelo Siebel Institute of Technology de Chicago/EUA, Leo também é consultor de mercado para novos negócios, membro da Brewers Association, ASBC - American Society of Brewing Chemists e MBAA - Master Brewers Association of Americas. Sócio-fundador da ACerva Gaúcha, homebrewer a 11 anos e viciado confesso em compostos de lúpulo.


Louis-Franck-Valade

Louis-Franck Valade - Coproprietário e gerente de Projeto no Le Naufrageur

Cervejaria: Le Naufrageur

O interesse de Louis-Franck Valade em grão e fermento começou há um bom tempo atrás. Antes um padeiro e chefe de pastelaria, aprendeu sobre a arte de fabricação de cerveja a 9 anos atrás, e abriu a microcervejaria Le Naufrageur. Se produzir cervejas artesanais é um assunto de interesse para Louis-Franck, são os seus colegas de trabalho, e encontros casuais deste mundo, com quem ele realmente é apaixonado.


marco-falcone

Marco Falcone - Mestre-cervejeiro e sommelier de cerveja

Cervejaria: Falke Bier

Professor e fundador da Academia Sommelier de Cerveja, Professor da Escola Superior de Cerveja e Malte, Vice-Presidente do SilndBebidas/MG, Sócio e Cervejeiro da Falke


Paulo-Bettiol

Paulo Feijão (Paulo Bettiol) - Gerente comercial e sommelier da cervejaria Dama Bier

Cervejaria: Dama Bier

Desde 2001 são pesquisas e variados trabalhos no mercado de cervejas especiais. Escrevia o blog oBIERcevando e hoje coordena a equipe comercial da Cervejaria Dama Bier. Realiza diversos treinamentos, palestras, organização de eventos, jantares de harmonização, além de ministrar aulas sobre o assunto. Jurado em variados concursos de cervejas. E como Sommelier de Cervejas em parceria com o Mestre Cervejeiro e equipe, são mais de 70 premiações em concursos de cervejas em vários países do mundo.


Pete-Slosberg

Pete Slosberg - Fundador da Pete's Brewing Company

Cervejaria: Pete's Brewing Company

Pete fundou a Pete’s Brewing Company em 1986, e fez com que ela se tornasse uma produtora de 500 mil hectolitros em apenas 10 anos, tornando-se a segunda maior cervejaria artesanal dos Estados Unidos. Depois dela ser comprada, Pete deu início à Cocoa Pete’s Chocolate Adventures, também comprada em seguida. Ele é um juiz certificado de cerveja e churrasco, tendo já participado de competições em toda a América e Europa.


tony-forder

Tony Forder (jurado Suplente) - Poeta, jornalista e escritor

Tony é cofundador e editor do Ale Street News, jornal de cerveja dos Estados Unidos, fundado há 25 anos. Orador e poeta especializado em cerveja, Tony mora na cidade de Nova Iorque e é o embaixador da cerveja americana no Mondial de la Bière.