Dicas de harmonização de cerveja com comida

Confira algumas combinações certeiras de cerveja e pratos (Fotos: Divulgação)

Confira algumas combinações certeiras de cerveja e pratos (Fotos: Divulgação)

Daniel Magri, do Chef com Cerveja, preparou dicas para os leitores da Beer Art

DANIEL MAGRI
Chef com Cerveja

Você já deve ter ouvido sobre harmonização de cerveja com comida. Se não ouviu, ou ouviu pouco, você encontrou o conteúdo ideal para aprender mais! Preparamos esse material utilizando anos de experiência de chefes de cozinha e cursos focados em harmonização.

Um erro de harmonização que você pode estar cometendo!

Muita gente pensa que harmonizar é servir um bom prato de comida com uma cerveja tão boa quanto. Isso é muito comum em diversos posts de blogs e restaurantes focados em cerveja.
Muita gente não sabe que a harmonização vai muito além disso. Um dos maiores e mais comuns erros é servir um prato acompanhado com cerveja, e não harmonizado.

Conheça as técnicas certas de harmonização

Harmonizar pratos e cervejas é a técnica de criar um contraste único entre as duas partes. A Cerveja ainda deve ter o poder de limpar a sua boca quando estiver degustando pratos mais gordurosos, que sem sombra de dúvidas, é uma excelente experiência.

Existem alguns pratos que sugerem alguns tipos de cerveja com pratos mais conhecidos. Essa técnica é válida e pode ajudar muito quando você estiver em dúvidas sobre a harmonização. Porém, em pratos mais complexos e diferenciados, esse gabarito pode não funcionar.


Existem algumas combinações que não dão errado nunca, como por exemplo:


Arroz, feijão e Bife:
Vienna Lager


Pizza de Marguerita:
Pilsen


Sobrecoxa de Frango Grelhada:
Irish Red Ale


Pão com Ovo:
Weiss


Sashimi de Tilápia:
Saison


Camarão Grelhado:
Witbier


Costelinha de Porco Defumada:
Doppelbock


Arroz negro:
Chocolate Porter


Hambúrguer Bovino:
Pale Ale


Pato na Laranja:
Tripel


Churrasco:
Brown Ale


Quando for harmonizar com entrada, prato principal e sobremesa

O ideal é sempre começar servindo as cervejas que são mais suaves primeiro. Conforme o tempo for passando, recomendados que vá aumentando a intensidade. Ou seja, começando com uma menos alcoólica e aumentando essa porcentagem gradativamente.

Conhecer a cerveja ajuda muito!

Esse, sem dúvida, é um dos itens mais essenciais da harmonização. Não adianta nada tentar harmonizar uma cerveja que você não conhece com um prato que você gosta, não vai funcionar. A melhor forma é harmonizar com cervejas que você já provou de outras vezes e que você já possui uma afinidade com ela.

Para saber mais do Chef Com Cerveja, o endereço é chefcomcerveja.com.br