Cresce a qualidade das cervejas na Copa Cervezas de América

Juízes constatam que a cada ano há mais rótulos de alto nível entre os inscritos

Na segunda rodada, foram examinadas 426 cervejas de 40 estilos, entre eles American Pale Ale, Stout, Irish Red e Barley Wine (Foto: Divulgação)

Na segunda rodada, foram examinadas 426 cervejas de 40 estilos, entre eles American Pale Ale, Stout, Irish Red e Barley Wine (Foto: Divulgação)

“A cada ano temos mais amostras e percebo que as cervejas estão se nivelando para cima", diz Jaime Ojeda, ao fim do segundo dia de avaliações da Copa Cervezas de América 2016, em Santiago, no Chile. A declaração do juiz chileno BJCP expõe o aumento na qualidade média das cervejas em disputa no concurso continental, que neste ano tem mais de mil rótulos inscritos. (Confira aqui o quadro de medalhas divulgado no fim da noite de 1º de outubro)

No primeiro dia, haviam sido avaliadas mais de 400 cervejas. Na segunda rodada de avaliações, das 9h às 19h de terça-feira (27/9), foram examinadas 426 cervejas de 40 estilos diferentes. Entre eles American Pale Ale, Stout, Irish Red e Barley Wine.

"Algumas me surpreenderam muito, estavam acima da média”, acrescenta Jaime Ojeda.

Opinião semelhante é compartilhada pela juíza brasileira Daiane Colla:

“Esses dois dias de avaliações foram muito interessantes, com muita cerveja boa e de alto padrão. Algumas cervejas não tão boas, como é normal em qualquer concurso, mas de modo geral tive gratas surpresas.”

Nesta 5ª edição da Copa as cervejas estão sendo avaliadas com base no Guia de estilos Beer Judge Certification Program (BJCP), edição 2015.

2º dia de avaliação na Copa Cervezas de América 2016 (Foto: Divulgação)

2º dia de avaliação na Copa Cervezas de América 2016 (Foto: Divulgação)

2º dia de avaliação na Copa Cervezas de América 2016 (Foto: Divulgação)

2º dia de avaliação na Copa Cervezas de América 2016 (Foto: Divulgação)