Negócios Cervejeiros de Sucesso pautam Conferência de Cervejeiros no Chile

Palestras com cases e dicas de cervejeiros como o do fundador da Jester King ocorrem em 20/10

Jeffrey Stuffings, da Jester King, fala sobre "como encontrar o sucesso como um microcervejeiro independente” (Foto: Divulgação)

Jeffrey Stuffings, da Jester King, fala sobre "como encontrar o sucesso como um microcervejeiro independente” (Foto: Divulgação)

PROGRAMAÇÃO DIA 3 (SEXTA, 20/10)

10h/11h – Oliver Jakob (Alemanha) – “Aspectos importantes na escolha de uma Brewhouse”

11h30min/12h30min – Jeffrey Stuffings (EUA) – “Encontrando o sucesso como um micro cervejeiro independente”

13h/14h – Lew Bryson (EUA): "Visão geral da indústria de fabricação de cerveja no Chile e na América do Sul"

15h30min/16h30min – Carlo Lapolli (Brasil): Abracerva

São três dias de imersão na cultura cervejeira conduzida por 12 especialistas de prestígio internacional em paralelo à Copa Cervezas de América, no Chile. A Conferência de Cervejeiros, de 18 a 20 de outubro, está com inscrições abertas (Cervejarias que participam do concurso com três ou mais rótulos têm desconto, e a organização da conferência assumiu o compromisso de oferecer tradução simultânea em português em caso de mais de 30 participanes de língua portuguesa inscritos) O congresso é um olhar para o futuro do negócio. Despois do primeiro dia, dedicado ao tema "Inovação e Novas Técnicas" e do seguinte, sobre "Estilos e elaboração de receitas", chegou a vez de abordar "Negócios Cervejeiros de Sucesso". Confira a seguir a programação e detalhes sobre o conteúdo de cada palestra.

A programação

Os nomes e os horários e os temas do 3º dia:

Em 20 de outubro, é o momento de se espelhar em experiências bem-sucedidas de fabricação de cerveja. Oliver Jakob (10h/11h) lista “Aspectos importantes na escolha de uma Brewhouse”. O objetivo do palestrante é levar a uma compreensão dos fatores mais importantes na escolha de novos equipamentos. O painel abrange cinco aspectos a serem estudados ao adquirir uma nova fábrica: flexibilidade, versatilidade, eficiência, sustentabilidade e rentabilidade. A versatilidade nos estilos de cerveja é um aspecto essencial no negócio, de modo que o equipamento deve suportar uma ampla gama de possíveis receitas e aplicações especiais. As tecnologias selecionadas têm de assegurar um ótimo desempenho, para aproveitar o máximo de matérias-primas, bem como o tempo do operador. Uma produção sustentável não só beneficia o ambiente do cliente, mas também os custos de produção. Para completar, as ideias inteligentes ao planejar e escolher a nova fábrica de cerveja que mantenham o investimento inicial baixo e otimizam os custos operacionais no longo prazo, mantendo-o pronto para o crescimento futuro.

O fundador da Jester King, Jeffrey Stuffings, fala sobre o tema “Encontrando o sucesso como um microcervejeiro independente” (11h30min/12h30min). Discute alguns dos fatores importantes que podem levar ao sucesso de uma microcervejaria independente. Especificamente, ele abordará:

  • Como diferenciar sua cervejaria e criar relevância entre uma multidão crescente de cervejarias,
  • Como encontrar voz, representar algo e contar uma história interessante,
  • Como encontrar ou ajustar um modelo de negócios que funciona,
  • Como criar uma cultura de trabalho de abertura e positividade,
  • Como criar uma equipe de excelência e contribuir para o seu desenvolvimento,
  • Como lidar com leis e regulamentos difíceis e, por fim,
  • Como manter um espírito ferozmente independente.

Lew Bryson (13h/14h) traz uma "Visão geral da indústria de fabricação de cerveja no Chile e na América do Sul". O mercado de cerveja chileno tem mudado como em muitos países da América do Sul e de outras regiões do planeta. Faz uma avaliação de como a indústria cervejeira começou aqui e por que está mudando agora e uma comparação interessante com outros mercados, principalmente com os Estados Unidos e Europa. Enquanto os EUA lideraram o movimento de cerveja artesanal, é importante lembrar que o motivo original que levou as pessoas a abrirem microcervejarias foi o desejo de mais variedade de cervejas para beber.

  • Seria o futuro da indústria de cerveja artesanal do Chile a fabricação de versões frescas das cervejas produzidas por cervejarias americanas, mas para o mercado local?
  • Ou as cervejarias do Chile partirão em direções diferentes, encontrarão seu próprio caminho e criarão suas próprias cervejas de excelência?

Essa é a questão mais importante, e que determinará se as cervejas artesanais do Chile encontrarão um mercado de exportação como os vinhos chilenos. O futuro acena. Como você vai responder?

Para fechar a Conferência (15h30min/16h30min), o presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), Carlo Lapolli, detalha o mercado de cerveja brasileiro. Aborda história, evolução, desafios e oportunidades para empreender no mercado de cerveja artesanal. Como o mercado pode crescer mais? Como melhorar o ambiente de negócios no Brasil? Ressalta o empreendedorismo como fator chave para o crescimento consistente do mercado de cervejas artesanais no Brasil.


Serviço