Cerveja caseira

Os finalistas no Concurso Barão Cervejeiro de Cervejas Caseiras

Divulgação dos três primeiros colocados é no festival Oktobersete, no sábado, 15 de outubro

Competição teve 55 inscritos, de seis Estados (Foto: Divulgação)

Competição teve 55 inscritos, de seis Estados (Foto: Divulgação)

Espaço dedicado ao comércio de cervejas artesanais, insumos e equipamentos para produção caseira em Sete Lagoas (MG), O armazém Barão Cervejeiro divulgou a lista dos 10 finalistas do 1° Concurso Barão Cervejeiro de Cervejas Caseiras. A divulgação dos três primeiros colocados ocorre no sábado, dia 15 de outubro, durante o festival Oktobersete, na área de eventos da Lagoa da Boa Vista, com entrada franca. (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art)

Os 10 finalistas

  • Carlos Frederico de Lima Coelho – Belo Horizonte/MG
  • Elison Pinho dos Santos – Timóteo/MG
  • Fabio Vieira de Sousa Filho – São Paulo/SP
  • Felipe Simões França – Paraopeba/MG
  • Guilherme Oliveira – Sete Lagoas/MG
  • James Tiago Silva – Goianésia/GO
  • Rafael Costa Almeida – Juiz de Fora/MG
  • Thiago Dias Paz – Belo Horizonte/MG
  • Victor Henrique Lopes Rubim- Sete Lagoas/MG

Desde o lançamento do concurso, em 2 de julho, durante o CerveGerais, os cervejeiros caseiros tiveram tempo para preparar a melhor cerveja no estilo American Pale Ale (APA). Foram 55 inscritos de todo o país. Além de grupos cervejeiros de Sete Lagoas, o concurso recebeu inscrições vindas de outras cidades mineiras (Belo Horizonte, Cláudio, Conselheiro Lafaiete, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Nova Lima, Ouro Preto, Paraopeba, Pedro Leopoldo, Pirauba, Pouso Alegre, Prudente de Morais e Timóteo), fluminenses (Niterói, Nova Iguaçu e Volta Redonda) e gaúchas (Erechim e Santa Bárbara do Sul), além de Goianésia (GO), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Entre os inscritos aprovados, 44 amostras foram analisadas pela equipe de jurados composta por mestres-cervejeiros e sommeliers. O julgamento foi realizado no dia 25 de setembro por meio de testes cegos em duas etapas, classificatória e final. Nesta última, todos os 7 jurados receberam amostras de todas as 10 cervejas finalistas e puderam escolher as três melhores. Os prêmios vão de vale compras no Barão Cervejeiro a cervejas artesanais, além de insumos e artigos cervejeiros.