Coletivo Stella Artois reúne experiências inusitadas de arte e gastronomia

Exposições fotográficas e design são acompanhadas de música, pratos especiais e cerveja

letterings-filipi-filippo

O Coletivo Stella Artois, movimento que reúne artistas e convidados para um momento de sensações e troca de experiências, reserva para os dias 1º e 2 de setembro duas noites de arte e gastronomia em São Paulo (em um local secreto, informado só com a confirmação da compra do ingresso). Com exposições assinadas pelos artistas gráficos Filipe Filippo, Pedro Nekoi e Anna Mascarenhas e cardápio do chef Raphael Despirite, o Coletivo é mais do que uma exposição ou uma vernissage, o projeto é uma experiência criada para ser vivida de forma plena em um local inusitado da capital paulista. (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art)

Felipe Santini, gerente de marketing de [Stella Artois][2], destaca:

[2]: (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art) 1: http://revistabeerart.com/eventos/

“O Coletivo Stella Artois oferece uma experiência ampla no mundo da arte, combinando gastronomia, experimentos sensoriais e boa música e inspirando as pessoas a viverem o melhor da vida”

Segundo Raphael Despirite, o cardápio foi pensado para ser fácil de comer. Ele traz referências da comida de rua da sua última viagem ao Japão, onde conheceu o takoyaki (bolinhos de polvo grelhados). O menu também faz uma brincadeira com o clássico pão com mortadela, no qual utiliza uma mortadela italiana recheada com trufas de verão e um pão de longa fermentação.

“O Coletivo Stella Artois é uma oportunidade de comer, beber, dançar e ao mesmo tempo interagir com a arte de uma maneira real, fazendo parte dela. Eventos como este são importantes para trazer o público para mais perto da arte. É a arte apresentada de uma maneira muito mais legal e interativa”, completa.

O local escolhido para esta edição é icônico e secreto – divulgado apenas para aqueles que adquirem seus ingressos – e promete causar ótima impressão e surpresa dos presentes.

Para a exposição, Anna Mascarenhas e Pedro Nekoi construíram uma parceria e suas imagens autorais servirão de base para diversas projeções e colagens que ambientam essa edição do Coletivo.

“Queríamos trazer uma ideia de movimento e fluidez, que tivesse relação direta com os formatos escolhidos para expor nosso trabalho: impressão em tecido e objetos, e projeção em vídeo. Nos inspiramos numa ideia conjunta mas tivemos muita autonomia criativa”, conta Anna.

Pedro Nekoi completa:

“Através de colagens digitais e videoarte, exaltamos a espontaneidade dos movimentos. Abordamos temas como a dança, o olhar, a natureza, o toque, mas sempre de maneira visual e de forma colorida e curiosa, que é algo característico do nosso trabalho. Foi bem divertido.”

Já Filipi Filippo levará ao Coletivo a obra Touch:

“Touch é um espaço de reconexão com tempo oportuno na busca de sentir vida primitiva e futuro. É um convite a um momento e um território de expansão da vida. É uma investigação por possibilidades de vidas”, disse o artista.

Os ingressos dão direito a participar da noite especial com livre consumo de Stella Artois e das opções do cardápio, além da programação musical e do acesso às instalações dos artistas.

Dos mesmos criadores do “Fechado Para Jantar”, o Coletivo Stella Artois transporta o público para uma noite de imersão na arte, repleta de histórias para contar. Junto às mostras, haverá também apresentação musical dos DJs Pedro Bertho e Pedro Noronha. A curadoria é de Hui Jin Park.

“O prazer da apreciação nasce incorporada a essa edição do Coletivo, que convida as pessoas a expandirem suas percepções e dimensões de prazer”, diz a curadora.

Os artistas

Filipi Filippo - Artista gráfico, fotógrafo e designer gráfico. A sua busca não é sobre o significado das formas, mas sobre a transformação delas no mundo. A partir dessa pesquisa, sua mão rompe as formas em uma tentativa natural de transcender a uniformidade.

Pedro Nekoi - Formado em design gráfico, trabalha com arte digital, principalmente colagem digital. Transforma sua arte produzida digitalmente em impressos como zines, posteres, tecidos e estampas. Seus trabalhos permeiam o universo da moda, arquitetura e tecnologia, mesclado à influência pop japonesa com cores e informações saturadas.

Anna Mascarenhas - Fotógrafa Anna Mascarenhas é formada em comunicação e trabalha com fotografia contemporânea explorando principalmente a revelação analógica. Com trabalhos expostos por publicações como VICE e Dazed & Confused, Anna desenvolve novas linguagens de retratos e cenas do cotidiano através de um olhar estético único e inusitado.

Raphael Despirite (Fechado para jantar) - Raphael é chef de cozinha e transforma a gastronomia na melhor e mais simples forma de diversão, como um fio condutor para experiências incríveis. Ele é sócio da Casa Rauric, organizadora do evento ao lado da Stella Artois e idealizadora do projeto Fechado Para Jantar, em que o cozinheiro prepara refeições em espaços inusitados.

Curadoria: Hui Jin Park (Hashi) - Hashi é formada em Comunicação Social pela ESPM e tem mestrado em Design Studies – Applied Imagination for Creative Industries pela Central Saint Martins, na Inglaterra. Acaba de retornar da Coreia do Sul após uma temporada com a iris-Cheil Worldwide. Atua como consultora estratégica antecipando tendências e estéticas comportamentais e redesenhando culturas organizacionais.

coletivo-stella-artois

Serviço

  • O quê: Coletivo Stella Artois
  • Quando: 1º e 2 de setembro, das 22h às 2h30min
  • Onde: secreto - o endereço será enviado com a confirmação da compra do ingresso
  • Quanto: R$ 190, com direito a open bar (chope e cerveja Stella Artois) e open food
  • Como: ingressos à venda neste link