Competições

Brussels Beer Challenge 2017 tem centro de amostras no Brasil

Brasil teve 14 cervejas premiadas na edição anterior do concurso realizado na Bélgica

Cervejas na competição belga são avaliadas por um júri internacional (Foto: Bart Van der Perre/Divulgação)

Cervejas na competição belga são avaliadas por um júri internacional (Foto: Bart Van der Perre/Divulgação)

Uma das mais importantes competições de cerveja do mundo, o Brussels Beer Challenge está com inscrições abertas desde 10 de julho. Até o dia 2 de outubro, cervejarias de todo mundo poderão inscrever suas cervejas para participar do desafio. Para este ano, a coordenação brasileira do concurso está trabalhando com centro de recebimento de amostras em parceria com a Cervejaria Bodebrown e JBE. São aguardados mais de 1.100 rótulos, a serem julgados por 75 juízes internacionais.

A embaixadora do Brussels Beer Challenge para o Brasil, a sommelière Daiane Colla, destaca:

“Assim como no ano passado, queremos otimizar o trabalho, centralizando o recebimento e realizando o envio coletivo dos rótulos, garantindo que as cervejas cheguem na Bélgica dentro do prazo definido pela organização e fazendo com que a cerveja sofra o menos possível com o transporte.”

Em 2016, o Brasil teve o seu melhor resultado no Brussels Beer Challenge, com 4 ouros, 4 pratas e 4 bronzes e ainda dois certificados de excelência. Com 85 rótulos de 12 cervejarias, foi a maior participação do Brasil na competição internacional, que em 2016 teve 1.250 rótulos inscritos de 36 nacionalidades, avaliados por 80 jurados de renome internacional. Saiba mais aqui sobre as premiadas em 2016.

Em 2015, 56 rótulos brasileiros participaram da competição. Cinco deles foram premiados, com três medalhas de ouro e duas de bronze. Destaque para Bamberg, ouro nas categorias Altbier e Schwarzbier, e Blumenau, ouro na categoria American IPA, desbancando conhecidas cervejarias norte-americanas. Bierland e Bohemia levaram bronze nas categorias International Style Pilsner e Barley Wine.

Luc de Raedemaeker, diretor do Brussels Beer Challenge, destaca:

A América do Sul tem um grande potencial e é uma pena que as cervejas produzidas sejam ainda pouco conhecidas. Participar de uma competição como essa pode fazer diferença para a cervejaria e também para o mercado cervejeiro de uma forma geral já que estarão competindo com cervejarias premiadas e reconhecidas. É um desafio mostrar para o mundo que as cervejarias sul-americanas estão produzindo cervejas world class.”

O concurso conta com a participação de 75 jurados internacionais, dentre eles os brasileiros Daniel Wolff, Douglas Merlo, Amanda Reitenbach, Gabriela Montandon e Rodolfo Rebelo.

Depois de Bruxelas (2012 e 2016), Liege (2013), Leuven (2014) e Antuérpia (2015), o concurso retorna a Valônia, uma das três regiões e uma das entidades federadas da Bélgica, no sul do país. Namur é capital da Valônia e a sede da sexta edição do evento. É famosa a Cidadela ou o Castelo de Namur, uma fortificação originalmente romana, reconstruída diversas vezes.

O cronograma da edição 2017

10 de julho - Abertura das inscricões em www.brusselsbeerchallenge.com

28 de agosto a 6 de outubro - recepção de amostras (a taxa por amostra é mais barata até 1º de setembro)

2 de outubro - Fim do prazo para inscrições

27 de outubro a 30 de novembro - Brussels Beer Challenge

20 de novembro, às 11h - Anúncio dos vencedores no Horeca Expo Gent


Serviço